BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

VAGABUNDO QUE TERIA TENTADO ASSALTAR PASSAGEIROS DE UM ÔNIBUS É SURPREENDIDO E É MORTO POR PASSAGEIRO.KKKKKK

Corpo de homem que teria assaltado ônibus é encontrado em Duque de Caxias

Segundo testemunhas, passageiro reagiu a tiros e matou assaltante

O DIA
Rio - O corpo de um homem com marcas de tiros foi encontrado na manhã desta quarta-feira na Rua Rondon, esquina da Rua Henrique Dias, perto da estação ferroviária de Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
Testemunhas disseram a policiais do 15º BPM (Caxias) que o homem teria tentado roubar passageiros de um ônibus, no final da madrugada, e um dos ocupantes reagiu a tiros. O corpo teria sido retirado do coletivo para que a viagem prosseguisse.
Policiais da 59ª DP (Duque de Caxias) investigam o caso.

Sase: o retrato de décadas de abandono

UM RECADO AOS VAGABUNDOS QUE FICAM TRAFICANDO ALI NAQUELE LOCAL:

SE EU PEGAR NÃO TEM ARREGO COMIGO. VOU LEVAR TODOS PRESOS.
A situação do Hospital do Sase se agrava. Local sofre com infiltrações e corre o risco de desabar.Uma novela que se arrasta por mais de 20 anos: essa é a situação do antigo Hospital do Sase em Itaguaí, que está abandonado. Diversas gestões passaram pela prefeitura e o cenário é o mesmo: degradação, abandono e o perigo de desabamento.  Crianças que brincam de pique-esconde durante o dia não sabem que correm o risco de morte. À noite o local abriga usuários de entorpecentes. Casais de namorados também se arriscam neste ambiente insalubre e de extremo perigo que fica ao lado do coração da cidade, o centro. Moradores consideram o local a nova cracolândia da cidade e ficam indignados com o descaso do poder público, que há décadas não encontra uma solução para o problema que tanto importuna a população.
Infiltrações por toda a parte do prédio enfraquecem as estruturas e pode causar desabamento (CARLOS ROBERTO)
Infiltrações no prédio enfraquecem as estruturas e pode causar desabamento (CARLOS ROBERTO)

Homicídios registrados em Itaguaí

 ITAGUAÍ ACONTECENDO ISSO?

OS SENHORES ESTÃO ENGANADOS.
AQUI ESTÁ UMA UVA.
As estatísticas sobre o número de mortes de jovens em Itaguaí continuam assombrando a população. Dois novos casos ocorridos no final de semana contribuem para manter em estado de permanente tensão uma população que vive acuada pelo medo. Na sexta-feira (15), por volta das 10h30, o corpo de um jovem foi encontrado por moradores na Rua Sílvio Germiniando, antiga Rua do Cai Tudo, no bairro Ibirapitanga 3, em Itaguaí. A polícia foi acionada e homens do 24º BPM (Queimados) estiveram no local e identificaram a vítima como William Antunes da Silva, de 21 anos.
O corpo de William foi encontrado no bairro Ibiraptanga 3 (CARLOS ROBERTO)
O corpo de William foi encontrado no bairro Ibiraptanga 3 (CARLOS ROBERTO)

Flanelinha morto no Teixeira

ITAGUAÍ
Mauro Lúcio Dias da Silva, popularmente conhecido como Nonô, foi morto na noite de segunda-feira (18), na Estrada das Palmeiras, no bairro Teixeira, em Itaguaí. Ele foi atingido por três disparos na cabeça e um na barriga. Segundo lojistas, a vítima trabalhava como flanelinha há mais de 20 anos no centro de Itaguaí.
AS MARCAS de sangue no chão denunciam o local onde possivelmente Nonô foi morto






















AS MARCAS de sangue no chão denunciam o local onde possivelmente Nonô foi morto
Mauro Lúcio Dias da Silva, popularmente conhecido como Nonô, foi morto na noite de segunda-feira (18), na Estrada das Palmeiras, no bairro Teixeira, em Itaguaí. Ele foi atingido por três disparos na cabeça e um na barriga. Segundo lojistas, a vítima trabalhava como flanelinha há mais de 20 anos no centro de Itaguaí.

Troca de tiros e perseguição

O POSTE ESTÁ MIJANDO NO CACHORRO?
É BALA NO RABO DELES MEUS AMIGOS DE FARDA.
A viatura da Polícia Militar ficou toda perfurada durante a troca de tiros na  Ilha da Madeira, em Itaguaí
A viatura da Polícia Militar ficou toda perfurada durante a troca de tiros na Ilha da Madeira, em Itaguaí
Na noite de quinta-feira (21), policiais do 24º BPM (Queimados) perseguiram e trocaram tiros com ocupantes de um Voyage prata. O incidente ocorreu por volta das 23h na Ilha da Madeira.

Corpo é encontrado em valão

Cadáver estava no centro de Itaguaí e não apresentava marca de ferimentos

MORTE MISTERIOSA
O corpo de um homem branco não identificado, aparentando entre 25 e 30 anos, foi encontrado no domingo (24), por volta das 7h, no interior do Canal do Sangue, nas proximidades do Hipermercado Guanabara. Sem marca de ferimentos, o corpo levou a polícia a abrir como linhas de investigação as hipóteses de a vítima ter sido empurrada, estar embriagada ou mesmo ter sido vítima de mal súbito, seguido de afogamento.
Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.
Retirado do Canal do Sangue, o corpo da vítima permanece no IML de Campo Grande, aguardando identificação (CARLOS ROBERTO)
Retirado do canal, o corpo permanece no IML de Campo Grande (CARLOS ROBERTO)

Comerciante é assassinato em Coroa Grande

POLÍCIA

O comerciante Francisco Roberto Marques, 58 anos, foi assassinado na manhã de terça-feira (26), por volta das 8:30h na rua Maria de Fátima, em Coroa Grande, Itaguaí. Segundo testemunhas relataram, dois suspeitos chegaram num Siena branco, entrou no estabelecimento de propriedade de Francisco e anunciaram um assalto. Ainda segundo testemunhas, a vítima teria demorado a abrir a gaveta, o que motivou um dos suspeitos a disparar seis tiros em direção de Marques. Não há informações de que valores tenham sido levados da loja. Os parentes socorreram o comerciante, que foi levado para o hospital São Francisco Xavier, em Itaguaí, mas ele não resistiu aos ferimentos.
Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.
O corpo do comerciante foi transportado no carro do IML na terça (26), em Itaguaí
O corpo do comerciante foi transportado no carro do IML na terça (26), em Itaguaí

terça-feira, 8 de outubro de 2013

PM acusado de matar colega é preso em Itaipu

Waltencir Lopes da Silva foi preso em Itaipu Foto: Divulgação
Policiais da 81ª DP (Itaipu) prenderam, na última segunda-feira, o ex-PM Waltencir Lopes da Silva, acusado de matar um colega em 2001. Ele tinha um mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Niterói.
Em 8 de setembro de 2001, Waltencir Lopes da Silva, que na época era soldado do 9º BPM (Rocha Miranda), teria atirado contra o também PM Marcos Augusto de Araújo, sargento do 3º BPM (Méier), após uma confraternização de policiais militares. O disparo teria sido feito depois de um desentendimento entre os dois. O crime ocorreu no portão de entrada do imóvel onde aconteceu a festa, em Itaipu.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/pm-acusado-de-matar-colega-preso-em-itaipu-10294867.html#ixzz2h9oBsWTD

Líder do tráfico em favela de Bangu é preso com fuzil AK-47



Policiais do 14ºBPM (Bangu) prenderam, durante operação na favela Curral das Éguas, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, o líder do tráfico no local. A ação foi motivada por denúncias feitas ao Disque-Denúncia (2253-1177). No momento que os PMs o abordaram, ele estava com um segurança armado com um fuzil AK-47 e munição para o armamento.
Marcos Vinicius Oliveira dos Santos, era conhecido como Mexicano, de acordo com a polícia. Ele aparece de bigode e já tinha mandado de prisão por roubo de cargas. O segurança, Diego Mesquita Rosa da Conceição, era procurado por homicídios.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/lider-do-trafico-em-favela-de-bangu-preso-com-fuzil-ak-47-10295048.html#ixzz2h9nXNppZ

Ato termina com ônibus queimado e destruição

Protesto de professores reuniu 50 mil no Centro e no final, de novo, houve vandalismo. Radicais se espalharam em direção ao Aterro e à Lapa, seguidos pelo Batalhão de Choque

AMANDA RAITER E FELIPE FREIRE
Rio - Uma manifestação que começou pacífica no Centro do Rio com mais de 50 mil professores da rede municipal terminou mais uma vez de forma violenta. No dia em que a greve dos profissionais da educação completou dois meses, milhares de servidores tomaram as ruas do Centro do Rio. Por volta das 20h, grupos de radicais encapuzados do grupo Black Bloc iniciaram depredações em ruas próximo à Câmara dos Vereadores, na Cinelândia. O prédio Pedro Ernesto foi pichado e as vidraças quebradas. Um ônibus foi incendiado na Rua Santa Luzia e passageiros de diversos coletivos, colocados para fora. Radicais tentaram atear fogo em veículos.
Houve confronto nos arredores da Câmara Municipal
Foto: José Pedro Monteiro / Agência O Dia
Mais cedo, Tribunal de Justiça negou recurso dos professores municipais contra a liminar que determinou o retorno às salas de aula. Por maioria de votos, o Órgão Especial do TJ negou pedido do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio (Sepe-RJ). A Prefeitura do Rio está autorizada a descontar os dias parados dos grevistas. O corte do ponto poderá ser retroativo a 3 de setembro, data em que o sindicato foi intimado da liminar que os obrigou a retornar, sob multa diária de R$ 200 mil.
Radicais destruíram abrigos de ônibus e atiraram placas, lixeiras e morteiros no portão lateral da Câmara
Foto:  Ernesto Carriço / Agência O Dia
Na rua do Quartel da PM
PMs que estavam dentro do prédio da Câmara montaram barreira para evitar a entrada dos radicais. Coquetéis molotovs foram lançados na Casa. Policiais do Batalhão de Choque reagiram lançando bombas de gás. Mesmo com os tapumes, agências bancárias foram quebradas e pontos de ônibus depredados. A 50 metros da entrada principal do Quartel General da PM, grupo se concentrou em um bar e atirou coquetéis molotovs na rua, segundo policiais que estavam no QG. O Batalhão de Choque interveio para impedir a aproximação.
Manifestantes fizeram barricadas de lixo e atearam fogo, além de lançar fogos de artifício. Outros retiraram tapumes para usar no confronto com os PMs. Bancas de jornal e lojas foram atacadas. Da Cinelândia, manifestantes seguiram pelo Aterro do Flamengo e em direção ao Bairro de Fátima. Assustados, motoristas fizeram contramão para tentar fugir. A Câmara Municipal não abrirá nesta terça-feira para passar por perícia policial.
Professores, estudantes e simpatizantes, convocados por redes sociais, começaram a se dispersar às 20h30
Foto:  André Mourão / Agência O Dia
TJ afirma que greve afeta 600 mil alunos
Em sua decisão no Órgão Especial do TJ, o relator Antônio Eduardo Ferreira Duarte argumentou que ‘a conduta da categoria, ao manter o estado de paralisação, gera inúmeros prejuízos e afeta mais de 600 mil alunos da rede pública de ensino, restando configurado o abuso do direito’.
Por sugestão do desembargador Henrique Figueira, o Tribunal de Justiça deve realizar uma audiência de conciliação entre o sindicato e o município, em data ainda a ser marcada. O mérito da ação, sobre a legalidade ou não da greve dos professores, ainda será analisado. Até o momento, foi apreciado apenas o recurso.
Guardas municipais tentam apagar fogo provocado por coquetel molotov que explodiu dentro da Câmara dos Vereadores
Foto:  Ernesto Carriço / Agência O Dia
Sepe condena vandalismo no protesto
Professores, estudantes e simpatizantes, convocados pelas redes sociais, começaram a se dispersar da Cinelândia por volta das 20h30. Manifestantes contrários aos atos de vandalismo criticavam a ação da minoria que se infiltrou no protesto pacífico. 
Duas horas depois, grupos radicais ainda continuavam promovendo quebra-quebra pela região, usando morteiros, rojões e ateando fogos em lixeiras. Próximo aos Arcos da Lapa, no Bairro de Fátima, mascarados ficaram encurralados por policiais do Batalhão de Choque. O Sepe condenou a violência. O sindicato afirma que agentes infiltrados na manifestação iniciaram o vandalismo com a intenção de esvaziar as próximas passeatas.
Ônibus foi queimado durante protesto no Centro do Rio
Foto:  Felipe Freire / Agência O Dia
“Não defendemos atos como incêndio em ônibus e depredação de agências bancárias”, enfatizou Marta Moraes, coordenadora do Sepe. Segundo ela, a manifestação já havia acabado quando o tumulto começou. Um dos diretores, Jalmir Ribeiro, acredita que possa ter havido PMs infiltrados entre os professores e sindicalistas.
Quebra-quebra em São Paulo em apoio ao Rio
Um grupo de mascarados deixou rastro de destruição durante protesto ontem à noite no Centrode São Paulo. O principal alvo dos ativistas foram as agências bancárias, depredadas a paus e pedras. Comerciantes, assustados, fecharam as portas. A polícia interveio e usou gás lacrimogêneo para dispersar o grupo. Uma mulher teve ferimentos na mão e pelo menos três pessoas acabaram detidas.
A manifestação foi em apoio aos estudantes que invadiram a reitoria da USP na semana passada e aos professores em greve no Rio. Curiosamente, os professores do Rio ganham mais do que os de São Paulo: R$ 3.840,16, contra R$ 2.316,02, professor nível I, 40 horas. Agências bancárias e uma lanchonete foram depredadas na Avenida Ipiranga. Na mesma via, manifestantes atearam fogo fogo em sacos de lixo para bloquear a passagem de veículos.
Prefeito recebe estudantes
O prefeito Eduardo Paes recebe nesta terça-feira professores, funcionários, diretores de escolas e pais de alunos da rede municipal. No encontro que acontecerá no Palácio da Cidade, Paes vai tentar esclarecer o novo Plano de Cargos e Salários, aprovado pela Câmara. No sábado, o prefeito e os secretários da Casa Civil, Pedro Paulo, e de Educação, Cláudia Costin, debateram as principais mudanças do plano com todos os setores impactados pela greve.

Oposição cobra reajuste salarial para contratados

O aumento concedido aos servidores concursados não foi repassado aos contratados

O aumento concedido ao funcionalismo público concursado que não foi repassado para os contratados gerou polêmica durante a sessão dessa terça-feira (1º), da Câmara Municipal. O vereador Noel Pedrosa cobrou dos vereadores governistas a promessa de que o aumento seria estendido aos funcionários contratados.  Segundo o parlamentar, na ocasião, foram concedidos 14% para o funcionalismo e mais 6% para educação, ambos efetivados. “Durante a votação para aprovar o aumento, teve um vereador, que eu prefiro não citar o nome, disse que passaria para oposição, caso o aumento não fosse repassado aos contratados. Nós não somos oposição, estamos aqui colocando os problemas que existem no nosso município”, questionou Noel.
Os vereadores Vicente Rocha e Marquinho Barreto lamentaram o fato da maior parte dos novos servidores serem de fora da cidade, e a maior parte dos contratados serem de Itaguaí. Lembraram também que não se desrespeitar a Constituição. Eles foram unânimes em dizer que está faltando aos moradores da cidade instrução e preparo para concorrer às vagas no serviço público.Vicente fez questão de destacar a resposta do povo nas urnas para a forma de atuação do governo passado. “O povo da nossa cidade quis dar uma resposta ao governo passado e optou por votar num jovem. Não fizeram nenhum questionamento se tinha curso de gestão, se era capaz para gerir, mas o povo o elegeu. Ninguém refletiu sobre nada, e hoje, muitos choram porque não estão na teta. Por que choram? Estão pensando na cidade ou em si mesmo?”, cobrou o parlamentar lembrando que aumento do funcionalismo de Itaguaí foi o maior da região. “O ex-prefeito Charlinho assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público comprometendo-se a cumprir a constituição e substituir funcionários contratados por concursados. O município tem atualmente dois mil contratados na educação e 800 na prefeitura. Nós temos seis mil concursados que já receberam o seu reajuste”, concluiu Vicente Rocha, que ganhou apoio do vereador Marco Barreto. “Quem é que vai pagar a conta quando essas duas mil pessoas contratadas e os 800 professores contratados forem exonerados?”, questionou ele.   
Noel Pedrosa cobra aumento dos contratados conforme prometido  (FOTO WELINGTON CAMPOS)
Noel Pedrosa cobra aumento dos contratados conforme prometido (FOTO WELINGTON CAMPOS)
Convocação derrubadaA convocação da secretária municipal de Meio Ambiente, Ivana Neves Melo Couto, para prestar esclarecimentos sobre a Ata de Registro de Preços 025/2013, publicada no jornal oficial do município, no mês de agosto, foi derrubada na sessão desta terça-feira (1º). A matéria de autoria do vereador Noel Pedrosa ganhou adesão dos colegas Jailson Barbosa e Genildo Gandra. O presidente da câmara, vereador Nisan César, colocou o requerimento em votação nominal. Por 8 a 3 a matéria foi derrubada. “Infelizmente, essa casa perdeu a oportunidade de esclarecer o que está acontecendo hoje na cidade. A convocação da secretária seria para prestar esclarecimento em relação à compra da ração”, manifestou-se Genildo Gandra.O vereador Vicente Rocha disse que vai convidar a secretária para ser ouvida por uma das comissões.
Outubro RosaA vereadora Miriam Pacheco, autora do projeto de lei que institui o “Outubro Rosa”, disse que as atividades voltadas para luta contra o câncer de mama começam a partir do dia 16. Segundo a parlamentar, na segunda quinzena serão realizadas campanhas de conscientização, palestras, caminhadas, além de distribuição de panfletos explicativos sobre o exame da mama. “Vamos estimular a participação da população, empresas e entidades, buscando alertar sobre os riscos e a necessidade de diagnóstico precoce desse tipo de câncer”, ressaltou Miriam Pacheco.
MIRIAM PACHECO ressalta a importância da conscientização (FOTO WELINGTON CAMPOS)
MIRIAM PACHECO ressalta a importância da conscientização (FOTO WELINGTON CAMPOS)
O câncer de mama é o mais frequente e o mais comum entre as mulheres e o diagnóstico precoce pode significar até 95% de chance de cura e com certeza um tratamento bem menos traumático. “O câncer de mama mata cerce de 50 mil mulheres por ano no Brasil”, completou a vereadora.
História e geografia da cidade na disciplina escolarFoi aprovado em primeira votação, o projeto de lei do vereador Noel Pedrosa, que torna obrigatória a introdução da história de Itaguaí na matéria de história, nas escolas públicas e privadas do município, assim como o estudo da geografia da cidade, na disciplina geografia. O projeto foi aprovado por unanimidade na primeira discussão.

Homem é preso com fuzil e drogas no Complexo da Pedreira


Ele seria seguranca de um homem identificado como 'Arafat', apontado como chefe do tráfico da comunidade Terra Nostra

Rio - Policiais do 41º BPM (Irajá) prenderam nesta terça-feira Marcos Alves do Carmo, de 26 anos, durante operação no Complexo da Pedreira, na Zona Norte. De acordo com a polícia, ele estava com fuzil e drogas. Ele seria seguranca de um homem identificado como "Arafat", apontado como chefe do tráfico da comunidade Terra Nostra, em Barros Filho.
Material apreendido com o suspeito
Foto:  Divulgação



Removida amendoeira morta

MEIO AMBIENTE
Pé de amendoeira teria sido exterminado, cerca de dois meses atrás, com pó de broca.
Árvore na Avenida Deputado Cabral foi retirada, na sexta-feira (4), pela Secretaria Municipal de Urbanismo. Ela oferecia perigo às pessoas no ponto de ônibus e para os motoristas que passavam pelo local, pois estava seca e os seus galhos ameaçavam cair a qualquer momento. Após ser derrubada, os galhos obstruíram a passagem de veículos na pista por cerca de 40 minutos antes de ser removida.
AMENDOEIRA OBSTRUIU a via por cerca de 40 minutos até a sua remoção (FOTO CARLOS ROBERTO)
AMENDOEIRA OBSTRUIU a via por cerca de 40 minutos até a sua remoção (FOTO CARLOS ROBERTO)
A amendoeira começou a morrer há cerca de dois meses atrás, segundo lojistas, quando uma pessoa perfurou o tronco com uma furadeira elétrica e colocou pó de broca – produto altamente tóxico utilizado para exterminar árvores. A denúncia foi publicada pelo ATUAL, contudo, o autor do crime ambiental ainda não foi identificado.

Polícias do BPVE impedem roubo de caminhão com carga de cerveja

Caminhão carregava cerca de R$ 22 mil em cerveja
Caminhão carregava cerca de R$ 22 mil em cerveja Foto: Divulgação

Policiais militares do Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE) impediram um roubo de um caminhão com uma carga de cerveja avaliada em R$ 22 mil na tarde deste sábado. Quatro homens foram presos na ação. Os três ocupantes do caminhão, Jackson Roberto Dias Barbosa, de 29 anos; Wanderson Roberto Domingues da Silva, de 35 anos e Antônio Norberto Batista da Silva, de 44 anos, avisaram os PMs do roubo e a perseguição começou na Avenida Brasil, pista sentido Zona Oeste, altura da Penha e foi até a Rodovia Washington Luiz, próximo à Refinaria de Duque de Caxias.
Na abordagem do caminhão, os policiais prenderam Valdemilson de Almeida Gabriel, de 45 anos, que disse que os três ocupantes do caminhão eram cúmplices do roubo. Eles foram detidos na Avenida Brasil, altura da Fiocruz. Na 62ª DP (Imbariê), onde o caso foi registrado, os três ocupantes do caminhão negaram ter envolvimento no roubo.
Com Valdemilson, foi encontrado um aparelho bloqueador de sinais de telefones celulares e aparelhos de GPS.




Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/policia-impede-roubo-de-caminhao-com-carga-de-cerveja-8295373.html#ixzz2h9jItcim

Polícia realiza apreensões em Itaguaí

SASE
Cocaína, carregadores e um caderno de anotações foram encontrados com os suspeitos
Depois de uma denúncia anônima feita na manhã desta quinta-feira (3), sobre a venda drogas na Rua Camaruru, no conjunto Vila São Salvador, no bairro Parque Paraíso, policiais do 24° BPM (Queimados) encontraram três suspeitos circulando pela localidade e foi observado que eles tentaram descartar uma mochila que carregavam. Todavia, os policiais conseguiram abordá-los na localidade.
MATERIAL APREENDIDO foi encaminhado para a 50ª DP (FOTO DIVULGAÇÃO)
MATERIAL APREENDIDO foi encaminhado para a 50ª DP (FOTO DIVULGAÇÃO)
Na mochila, foram encontrados 170 sacolés de cocaína, três carregadores de rádio transmissor e um caderno com anotações a respeito da venda de drogas. Os três homens foram presos e encaminhados para 50ª DP (Itaguaí), onde foram autuados por tráfico de drogas.

Menor é encontrado morto em Itaguaí

HOMICÍDIO

Corpo da vítima com vários disparos de arma de fogo estava no bairro Vista Alegre
MENOR FOI morto a luz do dia (FOTO DIVULGAÇÃO)
MENOR FOI morto a luz do dia (FOTO DIVULGAÇÃO)
Um jovem de 17 anos foi encontrado morto nas proximidades da linha férrea na Estrada dos Teixeiras, no bairro Vista Alegre, na manhã do sábado (5). Segundo o registro de ocorrência da 50ª DP (Itaguaí), Maicon Douglas Moura de Assunção teria sido assassinado por diversos disparos de arma de fogo.

Dupla é presa com arma roubada

PORTE ILEGAL
Após uma denúncia anônima relacionada ao fato de dois homens estarem armados no bairro Jardim América, na localidade popularmente conhecida com Sem Terra, policiais do 24º BPM (Queimados), realizaram uma incursão no lugar, na manhã deste domingo (6) e interceptaram dois suspeitos.
ARMA FOI encontrada com os homens (FOTO DIVULGAÇÃO)
ARMA FOI encontrada com os homens (FOTO DIVULGAÇÃO)

Ônibus que ia do Centro para Campo Grande é assaltado na Avenida Brasil, e passageiros reclamam dos roubos constantes


O ônibus da empresa Pégaso, parado em frente à delegacia onde o caso foi registrado

Por volta das 16h, em um ponto no Caju, na Zona Portuária, três pessoas - duas delas aparentando ser menores de idade - embarcam no ônibus da linha 2336, que faz o trajeto entre o Castelo, no Centro do Rio, e Campo Grande, na Zona Oeste. Enquanto um deles aponta uma arma para o motorista, os outros (justamente os que parecem mais novos) caminham pelo coletivo, recolhendo pertences dos cerca de 60 passageiros. A cena, ocorrida nesta segunda-feira, é comum, dizem aqueles que dependem da linha operada pela empresa Pégaso.
Após contato pelo WhatsApp do EXTRA (21 9644-2163), o analista de rede Fábio Wood, de 33 anos, contou os momentos de tensão que viveu. Ele embarcou na Avenida Presidente Vargas e acabou cochilando. O rapaz foi acordado por outra passageira, que avisou sobre o assalto. Fábio até tentou esconder a mochila onde levava um notebook da empresa onde trabalha, mas acabou perdendo o aparelho, um celular e documentos, entre outros pertences.
- Eles fizeram tudo com o ônibus em movimento, e só desceram em Coelho Neto. Quando um dos assaltantes achou minha mochila embaixo do banco, tive que dizer que não era minha, para não pensarem que eu tentei enganá-los... Até porque ficavam o tempo todo ameaçando, fazendo pressão psicológica - contou Fábio.
Segundo o analista de sistemas Ricardo José Teixeira da Silva Júnior, de 39 anos, que também estava no ônibus, toda a ação durou cerca de dez minutos. Ele também relata as ameaças feitas pelos criminosos:
- É uma sensação horrível. Como eu não estava usando relógio, aliança ou cordão, eles desconfiaram, acharam que eu estava tentando esconder algo. Ficaram me pressionando. No fim das contas, perdi dois celulares - disse Ricardo, acrescentando: - Uma pessoa que estava do meu lado falou que já era a segunda vez que ela era assaltada.
Já Fabio descreve a inusitada cena ocorrida na 35ª DP (Campo Grande), onde cinco pessoas estiveram para registrar a ocorrência. De acordo com ele, os próprios policiais reagiram com a seguinte frase à presença dos passageiros: “De novo? Toda vez esse ônibus é assaltado”.
Antes da chegada à delegacia, contudo, as vítimas precisaram convencer o motorista do ônibus a levá-los para prestar queixa. Também segundo Fabio, o empregado da Pégaso disse que a determinação da empresa era que ele levasse o veículo de volta à garagem. O motorista teria dito, ainda, que a regra é só ir à delegacia quando o dinheiro pago pelas passagens também for levado pelos assaltantes.
- A gente ficou revoltado, né. Ele só aceitou ir à delegacia depois que a gente se exaltou. Por uma dessas, dá pra ver o descaso da empresa com os passageiros - criticou Fabio.



Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/onibus-que-ia-do-centro-para-campo-grande-assaltado-na-avenida-brasil-passageiros-reclamam-dos-roubos-constantes-10289453.html#ixzz2h9hFLo8p

Homem é morto a tiros no 26 de Dezembro

ITAGUAÍ

Segunda execução no município marca o fim de semana

O corpo Wellington Damasceno da Costa, de 19 anos, foi encontrado com marcas de tiros em uma estrada de terra, no bairro 26 de Dezembro, nas proximidades do lugar, conhecido popularmente como Antigo Lixão, na manhã deste domingo (6). Segundo testemunhas, foram ouvidos três tiros por volta de 20h30 de sábado.
DISPAROS FORAM feitos na cabeça do menor (FOTO DIVULGAÇÃO)
DISPAROS FORAM feitos na cabeça do menor (FOTO DIVULGAÇÃO)

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Pânico no Hospital São Francisco Xavier

VAZAMENTO DE GÁS

Princípio de vazamento de gás assustou funcionários e pacientes
Um princípio de vazamento de gás no segundo andar do Hospital São Francisco Xavier (HSFX), onde funciona a Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTI), assustou funcionários e pacientes na manhã desta terça-feira (20). Bombeiros da Companhia de Itaguaí foram acionados por funcionários HSFX e constataram um cheiro forte de gás. Equipes do Grupamento de Operações com Produtos Perigosos (GOPP), Defesa Civil e INEA/SOPEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente – Operações de Emergências Ambientais) foram acionadas.
Vazamento de gás mobilizou Bombeiros, Defesa Civil, Grupo de Operações com Produtos Perigosos e Inea (FOTO CARLOS ROBERTO)
Vazamento de gás mobilizou Bombeiros, Defesa Civil, Grupo de Operações com Produtos Perigosos e Inea (FOTO CARLOS ROBERTO)
Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros de Itaguaí, Carlos Castanho, todo o segundo andar do hospital foi evacuado e os três recém-nascidos que estavam em incubadoras foram levados para uma enfermaria sem risco de qualquer acidente.  Ainda segundo o capitão, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), também esteve no local para certificarem de que não havia risco de mais vazamento na UTI Neonatal.
Em nota a prefeitura informa que a UTI Neonatal permanece fechada por 24 horasA assessoria de imprensa da Prefeitura de Itaguaí informou que o forte odor no HSFX, lembrando cheiro de amônia, ocorreu no Centro Cirúrgico e no Berçário Intermediário. E que Além das equipes do Corpo de Bombeiros, do Grupo de Operações com Produtos Perigosos (GOPP), da Defesa Civil e INEA/SOPEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente – Operações de Emergências Ambientais), as Secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Transporte também foram acionadas, caso fosse necessário deslocamento de algum paciente.
A assessoria informou ainda que após minuciosa varredura no local e nada ser encontrado, foi firmado o compromisso de isolar imediatamente o ambiente e os órgãos competentes serem chamados caso houvesse nova incidência do odor, que será monitorado por um técnico da Secretaria do Meio Ambiente durante 24 horas, emitindo parecer ao final de cada visita.
O centro cirúrgico e o berçário do Hospital São Francisco Xavier permanecem por 24 horas fechados para esterilização
Contradições nas informaçõesA assessoria de imprensa do Inea informou que técnicos do Serviço de Operações de Emergência (Sopea) e da Superintendência Regional Baía de Sepetiba do Inea estiveram no hospital devido a denúncias de um odor muito forte na unidade. E que a Sopea fez a medição de gases tóxicos, mas nada foi detectado.
Ainda segundo a assessoria, houve posteriormente uma reunião com a participação de bombeiros e da Secretaria de Meio Ambiente de Itaguaí. Tendo em vista que não foi detectada a fonte do princípio de vazamento de gás, os bombeiros e o Inea foram favoráveis a que o local ficasse interditado, mas a diretoria do hospital assumiu total responsabilidade pela continuidade do funcionamento, tendo em vista que se trata de uma unidade de saúde essencial para a região.

Colisão entre dois ônibus deixa 15 feridos em Itaguaí

MAIS UM ACIDENTE

Cerca de duas semanas depois que um grave acidente causou a morte de seis pessoas em Itaguaí, depois que um ônibus da empresa Cidade Itaguaí despencou do viaduto sobre a linha férrea, a cidade volta a se abalar com outro acontecimento do gênero, dessa vez envolvendo dois ônibus da mesma empresa, que se chocaram de frente na Estrada dos Teixeiras, no bairro Amendoeira, por volta das 14h desta terça-feira (20). Segundo as primeiras informações os coletivos se chocaram numa curva. Passageiros ouvidos pela reportagem disseram que o choque aconteceu quando um dos veículos teria balançado. No total 15 pessoas ficaram feridas, entre elas quatro menores de idade, e foram socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros. Dez vítimas deram entrada no Hospital Municipal São Francisco Xavier, em Itaguaí. Outras 5 estão sob cuidados médicos no Hospital Pedro II, em Santa Cruz.
DSC_0293
Bombeiros socorrem as vítimas do acidente (FOTO CARLOS ROBERTO)
Ouvido pela reportagem do Atual, o morador Sebastião Firmino disse que outros acidentes já aconteceram naquele ponto pelo fato da curva na estrada ser muito acentuada. Os ônibus. com as placas LOOO-0271 Rio De Janeiro -RJ e LTL0535 Rio de JANEIRO – RJ.  envolvidos no acidente fazem a mesma linha ligando Itaguaí ao bairro Teixeira. Antes mesmo de as equipes do socorro chegarem ao local, algumas vítimas eram levadas para o hospital por motoristas que passavam pelo local. A operação de resgate mobilizou agentes do Corpo de Bombeiros, do Samu, da Defesa Civil e da Guarda Municipal. A maioria das vítimas sofreu ferimentos na face. Pelo menos uma passageira teve fratura no fêmur.

Identificados os três mortos em confronto no Sase

INVESTIGAÇÕES DECISIVAS
Foram identificados como Leandro Souza de Jesus, de 23 anos; Jackson Costa de Souza, de 24; e Rodrigo Santos Dias, de 18, os homens mortos na madrugada de segunda-feira, no bairro Parque Paraíso, também conhecido como Sase, em Itaguaí. Leandro e Rodrigo foram sepultados em Itaguaí, enquanto Jackson foi enterrado em Santa Cruz. Eles foram baleados durante confronto com policiais militares, que chegaram ao local através de investigações. De acordo com o tenente Tiago Moraes, comandante da 5ª Companhia do 24º BPM, o policiamento no bairro foi reforçado para coibir eventuais atitudes como represália.

Identificados os três mortos em confronto no Sase

INVESTIGAÇÕES DECISIVAS
Foram identificados como Leandro Souza de Jesus, de 23 anos; Jackson Costa de Souza, de 24; e Rodrigo Santos Dias, de 18, os homens mortos na madrugada de segunda-feira, no bairro Parque Paraíso, também conhecido como Sase, em Itaguaí. Leandro e Rodrigo foram sepultados em Itaguaí, enquanto Jackson foi enterrado em Santa Cruz. Eles foram baleados durante confronto com policiais militares, que chegaram ao local através de investigações. De acordo com o tenente Tiago Moraes, comandante da 5ª Companhia do 24º BPM, o policiamento no bairro foi reforçado para coibir eventuais atitudes como represália.

Homem é surpreendido portando drogas e arma

DENÚCIA ANÕNIMA

Denúncia anônima motivou a operação policial
 Um homem identificado como Luiz Carlos Freitas, de 59 anos, foi preso ao ser flagrado com 86 cápsulas de cocaína, um revólver calibre 38 mm e um punhal. A prisão aconteceu na noite de sábado (17), por volta das 21h30. Ele recebeu voz de prisão sob a acusação de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A ocorrência foi registrada na 56ª DP (Comendador Soares), em Nova Iguaçu. Já o acusado foi encaminhado à 50ª DP (Itaguaí).
FORAM APREENDIDOS 86 cápsulas de cocaína, um revólver calibre 38 mm e um punhal  (FOTO DIVULGAÇÃO )
FORAM APREENDIDOS 86 cápsulas de cocaína, um revólver calibre 38 mm e um punhal
(FOTO DIVULGAÇÃO )
A operação foi desencadeada a partir de uma denúncia anônima dando conta de que um suspeito estaria traficando entorpecentes, o que motivou a movimentação dos policiais do 24º BPM (Queimados) e do Destacamento de Policiamento Ostensivo de Coroa Grande. Eles seguiram até a Rua Cintia Costa, próximo da igreja católica, no bairro Coroa Grande, em Itaguaí, local onde o acusado foi abordado.

Troca de tiros deixa três mortos em Itaguaí

CONFRONTO NO SASE

Em confronto com policiais do 24º BPM, homens possuíam armas de uso exclusivo da polícia
 Três suspeitos de tentativa de assalto morreram em um confronto com policiais do 24º BPM (Queimados), na madrugada de segunda-feira (19), na Rua Tupiniquins, no bairro Parque Paraíso, também conhecido como Sase. Com eles foram encontradas armas de uso exclusivo da policia. Ninguém foi preso. O fato foi registrado na 56ª DP (Comendador Soares), em Nova Iguaçu.
ARMAS DE uso exclusivo da PM foram resgatadas (FOTO DIVULGAÇÃO )
ARMAS DE uso exclusivo da PM foram resgatadas (FOTO DIVULGAÇÃO )
Tudo começou quando policiais da 50ª DP (Itaguaí) foram informados de uma tentativa de assalto, por volta das 21h30.  A partir do comunicado, policiais do 24º BPM (Queimados) foram acionados para averiguar o local, momento em que, recebidos a tiros, acabaram reagindo, provocando um intenso confronto que causou pânico entre os moradores da localidade.
De acordo com o tenente Tiago Moraes, comandante da 5ª Companhia do 24º BPM, o policiamento nas imediações do lugar onde houve o confronto já foi reforçado para combater eventuais atitudes como represália.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

“Aquilo não era pista clandestina”

DIREITO DE RESPOSTA

Praticante de voo livre, Hudson da Silva Loureiro, rebate crítica sobre suposta pista clandestina no Loteamento Frontal das Ilhas
 Praticante de voo livre há mais de 15 anos, Hudson da Silva Loureiro, popularmente conhecido como Peixe do Voo, rebateu as críticas de que existia discórdia por parte de moradores do Loteamento Frontal das Ilhas, em Coroa Grande, quanto à prática da atividade naquela região. Ele aproveita a ocasião para esclarecer algumas questões como, por exemplo, a de que teria construído uma pista clandestina de pouso e decolagem no local, e um hangar para abrigar as aeronaves. “Primeiro, nunca existiu conflito com os moradores. A grande maioria apoiava a iniciativa. O problema todo está sendo causado por apenas uma pessoa, que nem aqui vive, e é somente veranista”, enfatiza. “Quanto à pista clandestina que estão falando por aí, eu nunca fiz isso. Entretanto, o espaço eu classifico como uma área de lazer, onde eu reunia amigos nos finais de semana. Consiste num manguezal, onde a geografia favorece a prática de pouso e decolagem”, comenta, lembrando que no espaço haviam outras atividades como campeonatos de pipa, cães, bicicross e até cabo de guerra.
COBERTURA QUE servia para abrigar material de voo foi desativada (FOTO FRANCISCO LEÃO)
COBERTURA QUE servia para abrigar material de voo foi desativada (FOTO FRANCISCO LEÃO)
Outro ponto ressaltado por Hudson diz respeito à retirada, esta semana, de uma cobertura para abrigar o material de voo. A medida, de acordo com ele, foi uma determinação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. “Sim, foi uma ordem da secretaria para que eu retirasse o material de lá. Inclusive, recebemos a notícia com muita tristeza. Contudo, quero deixar bem claro que a máquina usada no serviço foi alugada por mim”, argumenta.
HUDSON LOUREIRO: era turismo e bom para o desenvolvimento da cidade (FOTO FRANCISCO LEÃO)
HUDSON LOUREIRO: era turismo e bom para o desenvolvimento da cidade (FOTO FRANCISCO LEÃO)
Quanto à prática de voo livre no município de Itaguaí, Hudson comenta que todos os praticantes sempre primavam pela segurança. “O material sempre estava com a manutenção em dia. O esporte não oferecia risco a ninguém, já que não voávamos em cima das casas”, assegura. “Aquilo era turismo. Era bom para o desenvolvimento da cidade. Pena que não teve incentivo. Há anos vinha batalhando sozinho para a sua disseminação. Infelizmente não tive apoio. Eu me sinto traído. Muita gente me elogiava no começo. Hoje, só restou muito desânimo”, completa.
Questionado sobre o que fará daqui para frente, já que está privado daquilo que mais gosta, voar, Hudson afirma que já tem um destino certo. “Agora vou voar na Fazenda Ribeirão, em Barra do Piraí”, conclui.

Confronto em Muriqui deixa um morto e dois feridos

Uma troca de tiros entre policiais militares e supostos traficantes na madrugada desta sexta-feira (2), no bairro Cachoeira II, em Muriqui, resultou na morte de Geovane Silva Nascimento, de 23 anos, vulgo Amoroso. Segundo a polícia, ele era morador do conjunto Amarelinho, em Irajá, Zona Norte do Rio e suspeito fazer parte do tráfico de drogas em Cachoeira II.Com ele os militares encontraram uma pistola, dois carregadores e drogas.

2013-08-01_20-45-04_867
Pistola encontrada com o suposto traficante morto na troca de tiros com a polícia
Durante o confronto outro suposto traficante identificado como, Valdinei Valdir de Moura, ficou ferido na perna e se encontra internado no Hospital Municipal Victor de Souza Breves, em Mangaratiba sob escolta da PM. Na investida um policial também foi baleado no braço, mas não corre risco de morte.
A operação foi realizada por do 33º BPM (Angra dos Reis)  juntamente com a P2 e a Patamo da 1ª Companhia sob o comando do capitão da policia militar Sérgio Amparo.

Bebê de apenas 13 dias é tirada dos braços da mãe, que acabou assassinada, na Zona Oeste do Rio

Francisco de Assis mostra a foto da filha Jennifer de Assis
Francisco de Assis mostra a foto da filha Jennifer de Assis Foto: Rafael Soares



Jenifer da Silva Araújo, de apenas 13 dias, teve a mãe assassinada e está desaparecida desde a última segunda-feira, por volta do meio-dia. Diana Oliveira estava com o bebê, quando as duas foram abordadas por um casal, em frente a um posto de saúde, na comunidade do Terreirão, no Recreio. O delegado Fábio Cardoso, da Divisão de Homicídios (DH), já tem imagens do BRT Transoeste, que mostram uma mulher com um neném fugindo num ônibus com destino a Santa Cruz.
— A mãe foi encontrada com panos ao redor do rosto e do pescoço e com as mãos amarradas para trás. A causa da morte foi confirmada, pelos peritos, como asfixia — contou Cardoso.
O corpo da mulher foi encontrado em um terreno próximo à unidade hospitalar, onde foi fazer um curso de amamentação. O marido da vítima e pai da criança, Francisco de Assis, foi ao local e reconheceu o corpo. Ele afirmou ao EXTRA que a mulher, no dia anterior ao curso, não queria ir ao posto e não disse o motivo.
— Não tenho ideia do que aconteceu. Não conheço essa mulher que levou Jenifer. Viemos do Ceará em 2008 e estávamos construindo uma vida aqui. Tenho um emprego e minha mulher ia começar a trabalhar como doméstica. Agora perdi minha mulher e minha filha está com criminosos — disse Francisco.
Diana Oliveira da Silva, morta no Recreio após ser sequestrada com a filha
Diana Oliveira da Silva, morta no Recreio após ser sequestrada com a filha Foto: Rafael Soares
Testemunhas relataram a agentes da DH que viram uma mulher suja de terra com um bebê num ônibus do BRT. Carla Bispo, vizinha da vítima, estava nesse ônibus e reconheceu a criança:
— Abordei a mulher e disse que a menina era filha de uma amiga minha. Ela disse que não. Respondi que não ia esquecer o rosto dela e não esqueci — disse Carla.
Protesto
Uma manifestação de amigos e parentes da família interditou a Avenida das Américas, na altura da estação Notre Dame, e causou uma paralisação em toda a extensão do BRT por volta das 18h. O serviço ficou suspenso por 40 minutos, mas voltou a operar por volta das 18h50m, após o desbloqueio da via.
Imagens
O delegado Fábio Cardoso já tem imagens da sequestradora carregando o bebê por duas estações do BRT. Numa das imagens, ela passa pela roleta na estação do Recreio Shopping. Ela salta na estação Notre Dame, onde percebe que o ônibus não vai levá-la ao destino que deseja. Depois de conversar com algumas pessoas na plataforma, ela embarca num ônibus para Santa Cruz.
Chá de bebê
No fim de semana, Francisco e Diana fizeram um chá de bebê com os amigos. O casal mora na comunidade do Terreirão . A família de Diana mora em Boa Viagem, no Ceará, e ficou sabendo do que aconteceu ontem à noite. Os pais de Diana querem que o corpo seja velado na terra natal da mulher. Entretanto, a família não tem recursos para o transporte do corpo.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/bebe-de-apenas-13-dias-tirada-dos-bracos-da-mae-que-acabou-assassinada-na-zona-oeste-do-rio-9367485.html#ixzz2bCsV6XYH