BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Corpo é encontrado às margens do Arco Metropolitano, em Itaguaí

De acordo com peritos, homem pode ter sido assassinado a golpes de barra de ferro

Na manhã de quinta-feira (31), por volta das 10h, o corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado às margens do Arco Metropolitano, no bairro do Leandro, Itaguaí. Segundo moradores da região, o corpo foi visto por transeuntes, no sentido Seropédica (Baixada Fluminense). Os policiais do 24º BPM (Queimados) e peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Campo Grande (Zona Oeste do Rio) estiveram no local. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), de Belford Roxo, compareceu e colheu algumas pistas e, de acordo com os agentes da civil, há suspeita que a vítima tenha sido assassinada a golpes de barra de ferro.
Corpo da vítima tinha marcas de violência. DHBF investiga o caso (Foto Carlos Roberto)
Corpo da vítima tinha marcas de violência. DHBF investiga o caso

Dupla é presa no Engenho, em Itaguaí

Policiais militares do 24º BPM (Queimados) capturam dois homens por tráfico de drogas
Messias Santos Xavier de Oliveira, de 28 anos, e Diego Gilberto Lopes dos Santos, de 29 anos, foram presos nessa quarta-feira (5) por tráfico de drogas no bairro do Engenho, em Itaguaí. Segundo o registro de ocorrência da 50ª DP (Itaguaí), policiais militares do 24º BPM (Queimados), da 5ª/Cia do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) de Itaguaí, faziam um patrulhamento de rotina no local quando houve confronto com suspeitos. Ainda de acordo com o registro, ao entrarem no beco da rua 17, os policiais avistaram diversos homens em atitude suspeita e um deles efetuou disparos de arma de fogo em direção aos agentes. Os dois homens foram capturados e com eles foram encontrados 262 sacolés de cocaína, 58 trouxinhas de maconha, dois rádios transmissores e R$ 71 em espécie. Os dois homens já tinham passagem pela polícia por tráfico de drogas, assalto e sequestro.
Material entorpecente, dinheiro e aparelhos de rádios encontrados com suspeitos (Foto Divulgação)
Material entorpecente, dinheiro e aparelhos de rádios encontrados com suspeitos

VAGABUNDOS SÃO PRESOS NO BAIRRO DO ENGENHO

Após ocupantes de veículo roubado serem encaminhados para a 50ª DP, criminoso é reconhecido na delegacia.
No domingo (10), após denúncia sobre um veículo, policiais do 24º BPM (Queimados) saíram em diligência para a rua Augusto Magnam, no bairro Vila Margarida, em Itaguaí. De acordo com eles, ao abordar os quatro ocupantes, constatou-se que o veículo era roubado. Todos foram encaminhados para a 50ª DP (Itaguaí). Após a identificação na delegacia, foi constatado que um dos ocupantes do veículo era procurado pela Polícia. Marlon Jorge Ferreira Costa, de 19 anos, tinha um mandado de prisão por tráfico, homicídio, roubo e tentativa de homicídio. Segundo o inspetor Sizenando Paixão, o jovem tem passagens por tráfico quando ainda era menor de idade: “Ele já era investigado há alguns meses”.
Material apreendido no imóvel foi encaminhado para a 50ª DP (Foto Divulgação)
Material apreendido no imóvel foi encaminhado para a 50ª DP (Foto Divulgação)

Homens foram surpreendidos quando ainda retiravam as rodas do automóvel na rua Oseias Batista de Freitas, no bairro do Brisamar, em Itaguaí

Polícia Militar flagra jovens com carro roubado

Esses desgraçados ainda conseguem sair primeiro que a guarnição da Delegacia.

Policiais do 24º BPM (Queimados) flagraram quatros jovens no momento em que eles retiravam as rodas de um Gol (placa KVU – 6499/RJ) na rua Oseias Batista de Freitas, no bairro do Brisamar, em Itaguaí. De acordo com o registro de ocorrência da 50ª DP (Itaguaí), os policiais militares faziam um patrulhamento de rotina, com o objetivo de combater o tráfico de entorpecentes na região. Ao entrar na rua, a viatura policial surpreendeu os quatros homens na ação. Os policiais abordaram os suspeitos e constataram que o veículo era roubado. Todos os jovens foram encaminhados para a delegacia e autuados por receptação, que cabe fiança. O automóvel foi apreendido. O fato foi registrado na Central de Flagrantes, na 50ª DP.
Veículo roubado foi encaminhado para a 50ª DP (Itaguaí) - Foto Carlos Roberto
Veículo roubado foi encaminhado para a 50ª DP (Itaguaí) – Foto Carlos Roberto

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Casal morre e criança fica ferida após acidente no Arco Metropolitano

Engenheiro que passava pelo local encontrou o veículo com a frente amassada próximo a uma mureta 

Na segunda-feira (4), uma família se envolveu em um trágico acidente na rodovia do Arco Metropolitano, no km 107, sentido Rio-Santos, próximo ao lixão de Seropédica, Baixada Fluminense. No veículo, de placa LTN-1205/RJ, estavam Alex Travesso Pereira, de 34 anos, Simone Marques (que estava grávida) e a filha do casal, de apenas seis anos. O homem e a mulher morreram no acidente. Um engenheiro mecânico, Gildasio Cesar, que estava indo para o trabalho, encontrou o veículo (por volta das 6h45) com a frente amassada próximo a uma mureta do viaduto. De acordo com ele, ao perceber que havia ocupantes no veículo, o engenheiro se dirigiu ao local do acidente e percebeu que a criança estava acordada e segurava uma “garrafinha de água”. “Eu vi a cena e acionei os bombeiros”, disse.  A equipe do Corpo de Bombeiros de Itaguaí esteve no local para prestar socorro às vítimas, mas o casal já estava morto. Os técnicos de enfermagem da corporação realizaram os primeiros socorros à criança e acionaram o helicóptero (Águia), que conduziu a vítima, em estado grave, para o Hospital Miguel Couto, que fica na Zona Sul do Rio.
Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.
Casal foi encontrado morto e criança, viva, sentada no banco traseiro do veículo (Foto Carlos Roberto)
Casal foi encontrado morto e criança, viva, sentada no banco traseiro do veículo

Corpo é encontrado às margens do Arco Metropolitano, em Itaguaí

De acordo com peritos, homem pode ter sido assassinado a golpes de barra de ferro

Na manhã de quinta-feira (31), por volta das 10h, o corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado às margens do Arco Metropolitano, no bairro do Leandro, Itaguaí. Segundo moradores da região, o corpo foi visto por transeuntes, no sentido Seropédica (Baixada Fluminense). Os policiais do 24º BPM (Queimados) e peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Campo Grande (Zona Oeste do Rio) estiveram no local. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), de Belford Roxo, compareceu e colheu algumas pistas e, de acordo com os agentes da civil, há suspeita que a vítima tenha sido assassinada a golpes de barra de ferro.
Corpo da vítima tinha marcas de violência. DHBF investiga o caso (Foto Carlos Roberto)
Corpo da vítima tinha marcas de violência. DHBF investiga o caso

Motorista de veículo escolar é preso acusado de violentar menino de 5 anos; abusos eram no banco de trás do carro



O português Carlos foi preso na Ilha Foto: Divulgação
O motorista de um veículo escolar foi preso, na manhã desta quarta-feira, por policiais da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), acusado de abusar sexualmente de um menino de 5 anos, que era levado ao colégio por ele. O português Carlos Inácio Coentro Portela, o Tio Carlos, de 51 anos, foi surpreendido quando passava por uma escola na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio.
Segundo as investigações, Carlos transportava crianças de pelo menos um colégio e duas creches, todos na Ilha do Governador. Segundo o delegado Marcello Braga Maia, titular da Dcav, os agentes agora investigam se ele abusou sexualmente de outras crianças. Funcionários que trabalham no portão das unidades serão chamados para fornecerem o nome de outras crianças que chegavam com o suspeito. Carlos usava um carro de passeio - um Gol cinza, ano 2010 - e não tinha autorização do Detran para fazer transporte escolar.
O português teve a prisão temporária por 30 dias decretada pelo juiz Alexandre Abrahão, 32ª Vara Criminal da Comarca da Capital, pelo crime de estupro de vulnerável. Em sua decisão, o magistrado diz que deixar o suspeito solto transportando crianças é o mesmo que “Deixar lobo cuidar de galinheiro!”. A Polícia Federal será contatada para que seja verificado se Carlos está regularizado no Brasil e para esclarecer se consta alguma anotação criminal contra ele na Europa.
Sexo oral no banco de trás
Os pais do menino violentado contrataram Carlos em 2013. Em outubro daquele ano, eles perceberam um machucado na boca da criança e, no mês seguinte, o garoto começou a chegar em casa com brinquedos dados pelo motorista. O menino costumava visitar Carlos em casa, depois que o suspeito pediu autorização dos pais para isso, alegando que “adorava crianças”.
Logo em seguida, o garoto começou a apresentar distúrbios de comportamento e acabou confessando aos pais que Carlos o levara até sua casa sem autorização. Depois disso, o menino pediu para ser retirado no transporte feito por Tio Carlos. A vítima acabou contando sobre os abusos a uma psicóloga que passou a frequentar, levada pelos pais, por causa da alteração de comportamento. O menino prestou depoimento também na Dcav, onde contou que algumas vezes Carlos o obrigava a fazer sexo oral no banco de trás do Gol usado para o transporte escolar.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/motorista-de-veiculo-escolar-preso-acusado-de-violentar-menino-de-5-anos-abusos-eram-no-banco-de-tras-do-carro-11506900.html#ixzz39XC13NMs

Pastor é preso em Belford Roxo por homicídio e estupro: vítima de 14 anos foi abusada e viu mãe ser morta


Pastor chega preso à Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. Ao fundo, o delegado William Pena Júnior
Pastor chega preso à Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. Ao fundo, o delegado William Pena Júnior Foto: Agência O Globo / Bernardo Costa

Ele é fundador de uma igreja evangélica, da qual é o pastor responsável, e instrutor de um curso para bombeiro civil, que recebe alunos entre 12 e 17 anos. Mas, segundo a polícia, Marcos Antônio da Silva Lima, de 53 anos, é também um criminoso. Na tarde de ontem, agentes da Divisão de Homicídios da Baixada cumpriram um mandado de prisão contra ele por homicídio, tentativa de homicídio e estupro. Ele foi capturado em Belford Roxo, onde mantinha a igreja Assembleia de Deus Palavra do Conserto.
Marcos Antônio foi preso enquanto passava no bairro da Prata de carro, um Gol. Os agentes reconheceram a placa do veículo, o mesmo usado nos crimes. Em seu interior, havia armas, munição e uma touca ninja.
O material que estava no carro do pastor quando ele foi preso
O material que estava no carro do pastor quando ele foi preso Foto: Agência O Globo / Bernardo Costa
Segundo policiais, os crimes foram cometidos no dia 30, em uma região deserta de Nova Iguaçu, quando o pastor, inconformado com o término de um relacionamento extraconjugal, atirou na mulher, de 37 anos, que morreu na hora. Sua filha, de 14 anos, levou três tiros no rosto e sobreviveu ao fingir-se de morta. Quando ficou sozinha, procurou ajuda na rua.
— A vítima foi morta achando que a filha tinha sido assassinada. Foi um crime extremamente cruel — afirmou o delegado William Pena Júnior, da DH.
O pastor durante o curso de instrução para bombeiro civil em Tinguá, Nova Iguaçu
O pastor durante o curso de instrução para bombeiro civil em Tinguá, Nova Iguaçu Foto: Agência O Globo / Reprodução
Ainda de acordo com a polícia, foi Marcos Antônio quem levou as vítimas, com a ajuda de um comparsa, para o local dos crimes. A mulher foi tirada de casa, enquanto a adolescente foi pega na porta da escola. Segundo policiais, enquanto Marcos Antônio agredia a ex-amante, seu comparsa estuprava a jovem. Ele está sendo procurado.
— Ela contou que, em um certo momento, o comparsa perguntou ao pastor: “Quem vai morrer primeiro?”. Ele teria apontado para a mais nova, que foi baleada e caiu. Em seguida, os disparos foram na mãe. A menina ainda disse que ouviu a mãe suplicar para não morrer — contou o delegado.
Marcos Antônio: crime premeditado
Marcos Antônio: crime premeditado Foto: Agência O Globo / Bernardo Costa
Instantes depois de os homens irem embora, a menina, mesmo ferida, conseguiu caminhar e pedir ajuda. Uma pessoa a encontrou e foi até o local do crime, onde a mãe já estava morta. A jovem foi levada para um hospital, onde ficou internada.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/pastor-preso-em-belford-roxo-por-homicidio-estupro-vitima-de-14-anos-foi-abusada-viu-mae-ser-morta-rv1-1-13490979.html#ixzz39XA5Hduy