BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Pioneirismo e tecnologia de ponta a serviço da nação


Militares conheceram todas as áreas de atuação da Nuclep, inclusive a construção de submarinos

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Desbravadora de mercados e responsável por conquistas tecnológicas importantes para a Nação. Assim a Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A (Nuclep) é mais bem definida, já que foi criada para atender ao programa nuclear brasileiro, em 1975; foi a primeira empresa do país a produzir cascos semissubmersíveis para plataformas; e responsável pelos cinco primeiros submarinos construídos no país, com tecnologia alemã.
Essa visão foi compartilhada na quarta-feira (5), pelos militares do Centro de Máquinas do Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, da Marinha do Brasil, no Rio de Janeiro, durante visita ao parque industrial, em Itaguaí. Para eles, a empresa destaca-se por sua grandiosidade e pelos equipamentos únicos que possui. O dinamismo da indústria mostra bem, segundo eles, o momento de transformação por que passa o país. “Essa é uma das maiores empresas do mundo, não apenas pelos equipamentos, mas também pelos projetos que desenvolvem. É importante conhecermos companhias com a qualidade que vimos aqui”, frisou o segundo tenente Ricardo Soernarmin Partoredjo, do Suriname.
O diretor industrial, Liberal Enio Zanelatto, ressaltou que a Nuclep é responsável pelo crescimento do conteúdo local no país. O pioneirismo da empresa mostrou que é possível apresentar material de qualidade e reiterou a importância de centros de excelência profissional no país. Hoje, cerca de 65% dos funcionários da indústria passaram pelo Centro de Treinamento Técnico (CTT), referência na área de qualificação industrial. “Somos uma empresa pioneira, desde a criação de um centro de formação profissional até a produção de equipamentos. A Nuclep é sinônimo de grande empresa estratégica, responsável por trazer para o país tecnologias de ponta”, reafirmou Liberal.

Troca de tiros e perseguição em Chaperó


Policiais militares do 24° BPM (Queimados) foram checar denúncia anônima, na Rua 3, bairro de Chaperó, na madrugada de sexta-feira (7), por volta das 4h,  de que homem armado havia tentado matar a ex-companheira. Ao checarem ao local, os militares foram surpreendidos por três homens que estavam em um Fiat Elba, de placa KTF 4230. De acordo com a polícia, os suspeitos teriam efetuado disparos na direção da viatura. Os PMs revidaram e um dos homens foi baleado.

Em fuga suspeitos colidem o carro em muro de residência FOTO CARLOS ROBERTO
Em fuga suspeitos colidem o carro em muro de residência FOTO CARLOS ROBERTO
Após o confronto, os suspeitos tentaram fugir no veículo alta velocidade. Ainda, segundo os militares, o condutor perdeu o controle da direção e bateu no muro de uma residência.
Dois ocupantes do carro conseguiram fugir a pé. O homem ferido foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e levado em estado grave para o Hospital Municipal São Francisco Xavier.
Segundo informações colhidas na Delegacia de Itaguaí, o homem estaria com um projétil na cabeça e iria passar por cirurgia.

Jovem é assassinado a caminho do trabalho


Só neste começo de mês, Itaguaí já contabiliza dois homicídios na qual a polícia terá a missão de investigar e identificar os autores. Desta vez, um jovem identificado como Rafael da Silva Ribeiro, de 19 anos, foi alvejado a tiros na Rua Joaquim Ferreira da Costa, no bairro do Engenho. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (6), por volta das 6h30.

Jovem foi identificado como Rafael da Silva Ribeiro, de 19 anos FOTO DIVULGAÇÃO
Jovem foi identificado como Rafael da Silva Ribeiro, de 19 anos FOTO DIVULGAÇÃO
Segundo testemunhas, a vítima ainda chegou a ser socorrida por uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.  Médicos e enfermeiros do Hospital Municipal São Francisco Xavier fizeram todos os procedimentos necessários para salvar a vida do jovem, porém não obtiveram sucesso.
Familiares de Rafael estavam abalados e não souberam explicar os motivos de tamanha violência. O pai do jovem disse que ele estava a caminho do trabalho, quando foi morto. Policiais militares do 24° BPM (Queimados) registraram a ocorrência na 50ª DP (Itaguaí). Até o fechamento desta edição, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

'Inseguro', goleiro Bruno destitui dois advogados


Rui Pimenta diz que foi surpreendido pela decisão e que réu optou por uma nova estratégia. Juíza desmembra julgamento de Dayanne, ex-mulher do goleiro.

Contagem (Minas Gerais) -  O goleiro Bruno não será mais defendido pelo advogado Rui Pimenta. Nesta terça-feira, durante o início do julgamento, o arqueiro sentou-se em frente à juíza Marixa Fabiane Rodrigues e fez o anúncio. "Peço desculpa a todos que aqui estão, mas não me senti seguro, estou destituindo o dr. Rui", revelou Bruno, que pediu prazo para que indicasse outro advogado, o que foi negado pela magistrada.

Francisco Simim, que faz parte da equipe de defesa de Bruno e Dayanne Souza, ex-mulher do goleiro, seria então o defensor do ex-jogador do Flamengo. Contudo, Bruno novamente se dirigiu à juíza e também destituiu Simim. Ele afirmou que não gostaria de prejudicar a defesa de Dayanne. O promotor Henry Castro pediu então que o desmembramento do julgamento ocorra com relação a Dayanne, que aguarda em liberdade, e não Bruno. O pedido foi aceito e o arqueiro será defendido por Simim, sem prejudicar a ex-mulher.
O goleiro Bruno ficou sentado no banco dos réus, em Minas, ao lado da ex-mulher Dayanne Rodrigues | Foto: Divulgação
O goleiro Bruno ficou sentado no banco dos réus, em Minas, ao lado da ex-mulher Dayanne Rodrigues | Foto: Divulgação
Por determinação da magistrada, a ex-mulher de Bruno será julgada junto com Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de quatro crimes no caso Eliza Samudio. A ex-mulher do goleiro Bruno chorou no plenário. "A senhora está liberada", disse a juíza Marixa. Dayanne deixou o tribunal pelo portão dos fundos, sozinha. Antes de entrar num táxi, disse apenas que estava passando mal.
Em entrevista, Rui Pimenta diz que foi surpreendido pela decisão de Bruno e que o réu optou por uma nova estratégia. Ele afirmou que está com seus honorários em dia e que respeita a decisão do cliente. "O Bruno mudou de estratégia. Tenho que cumprir o desejo do meu cliente, mas foi uma surpresa. Torço para que tudo dê certo para ele", comentou.
O advogado ainda negou que sua saída seja uma estratégia de defesa. "Eu não posso dizer que foi estratégia, foi uma opção pessoal dele (Bruno). Eu sou servo do desejo do cliente".
Advogados de Bola recebem multa
A juíza Marixa determinou, nesta terça-feira, multa de R$ 18.660 para o advogado Ércio Quaresma, que defendia Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e abandonou o julgamento no primeiro dia. Também pagarão o mesmo valor os advogados Fernando Magalhães e Zanone Manoel de Oliveira Junior. Os defensores terão 20 dias para pagar a multa à Justiça.
O primeiro dia do julgamento do goleiro Bruno e mais quatro réus do desaparecimento e morte de Eliza Samudio no Fórum de Contagem foi marcado por atritos entre a magistrada e os advogados de defesa. "Se ela (juíza) continuar, vai fazer o julgamento sozinha. Vou embora", ameaçou Ércio Quaresma antes de abandonar a defesa de Bola.
Quaresma alegou que, desde a sua entrada no plenário, o direito de defesa dos réus foi cerceado pela magistrada. O advogado disse que pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). "Tenho a presença aqui de Luiz Flávio Gomes, não preciso de mais nada", avisou, referindo-se a um dos mais renomados criminalistas do País, que está presente na plateia do Tribunal de Justiça de Contagem.
Reclamações antes de abandono
O defensor de Bola pediu que o tribunal disponibilize uma cópia da mídia usada durante o julgamento e alegou que precisa ter o equipamento disponível em seu computador para ter direito à defesa plena. A mídia solicitada pelo advogado é a transmissão em vídeo dos depoimentos dos réus e testemunhas.
Quaresma afirmou que, em ocasiões anteriores, a cópia não foi disponibilizada para a defesa. A juíza, por sua vez, afirmou que disponibilizou as imagens, de acordo com o direito de preservação de imagem das testemunhas. Caso quisessem, os advogados poderiam copiar tanto as filmagens dos interrogatórios dos réus, quanto das testemunhas.
"Tem dois anos que o processo está em curso e a defesa poderia ter solicitado as imagens", afirmou, categórica, a juíza Marixa Fabiane, após nova tentativa do advogado de tumultuar o início da sessão. 
Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia
Noiva de Bruno, Ingrid (à esquerda) acompanha julgamento | Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia
Relembre o caso
A modelo paranaense Eliza Samudio teve um caso com o ex-goleiro do Flamengo. Depois de engravidar, afirmou que o pai da criança era Bruno. De acordo com a investigação da Polícia Civil, para se livrar das cobranças, Bruno teria planejado o assassinato de Eliza, então com 25 anos. A criança nasceu em 2010.
A vítima foi sequestrada em 4 de junho de 2010 na Barra da Tijuca. Dormiu na casa de Bruno no Recreio dos Bandeirantes e chegou ao sítio em Minhas Gerais dia 6. Ela teria sido assassinada no dia 10 do mesmo mês.
São julgados Luiz Henrique Romão, o Macarrão, amigo do atleta, Dayanne Souza, ex-mulher de Bruno, e Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do jogador. O adovogado do ex-policial civil Marcos Aparecido Santos, o Bola, ércio Quaresma, deixou o júri e seu cliente será julgado separadamente.
De acordo com a investigação da Polícia Civil, partes do corpo de Eliza foram entregues para cachorros e os ossos da vítima, concretados no mesmo terreno em que ela teria sido assassinada, um sítio em Esmeraldas (MG), propriedade de Bruno. Nada foi encontrado até hoje.

Suposto usuário de crack morre atropelado na Avenida Brasil


Rio -  Um homem morreu atropelado na pista seletiva da Avenida Brasil, sentido Zona Oeste, na noite desta segunda-feira. Há suspeita que a vítima fosse um usuário de crack, já que o acidente ocorreu próximo a cracolândia que existe na altura da Favela Parque União, no Complexo da Maré, no acesso à Ilha do Governador.

Policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) disseram que até a madrugada a vítima ainda não tinha sido identificada. A CET-Rio não confirmou que um documento foi encontrado com a vítima. O caso foi registrado na 21ª DP (Bonsucesso).
Na manhã de segunda-feira, um usuário de crack havia sido atropelado na mesma região. Ele ainda foi socorrido no Hospital Souza Aguiar, no Centro. O número de consumidores deste tipo de droga na cracolândia do Parque União aumentou consideravelmente após a ocupação das favelas de Manguinhos, Mandela e do Jacarezinho pelas forças desegurança.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

DESAPARECEU ONTEM ANOITE

GENTE URGENTE .. DESAPARECEU ONTEM ANOITE.. ME AJUDEM A ENCONTRA-LO COMPARTILHEM ESSA FOTO A TODOS POR FAVOR, A MAE DELE ESTA DESESPERADA.. 
- TELEFONE DE CONTATO: 78057233 NEXTEL
74241380 CLARO
68262347 '' 
- POR FAVOR QUALQUER INFORMAÇÃO LIGUEM ... OBRIGADO DESDE JÁ!

Faixa de Gaza: sobe para 13,o número mortos


No sexto dia dos ataques já foram contabilizadas 90 mortes de palestinos e três de israelenses; criança também foi vítima da ofensiva                                                                                                                                                                                          


As vítimas mais recentes foram dois homens de 30 anos que circulavam de motocicleta no sul do território palestino. Uma criança que acompanhava os dois ficou gravemente ferida.

Quatro pessoas, incluindo um menino de cinco anos e duas mulheres de 20 e 23 anos, morreram em um ataque no bairro de Zeitun, na cidade de Gaza. Também na mesma localidade, um homem de 23 anos morreu ao ser atingido no automóvel em que viajava.

Três palestinos da mesma família faleceram em um ataque com foguete contra um carro no qual circulavam por Deir al-Balah, centro da Faixa de Gaza. Além disso, um fazendeiro de 50 anos foi encontrado morto na cidade de Beit Lahiya, norte do território palestino.

Outros dois agricultores morreram em um ataque em Qarara, ao leste de Khan Yunes, sul da Faixa de Gaza.

Desde o início da ofensiva israelense na últimaquarta-feira, em resposta aos disparos de foguetes palestinos, morreram 90 palestinos e três israelenses, em consequência dos disparos de foguete a partir de Gaza.

Ontem foi o dia mais violento, com 31 mortos, em sua maioria mulheres e crianças.

Funcionários do BRT Transoeste são presos por suspeita de desvio de R$ 60 mil


Polícia recebeu a denúncia de outros funcionários. Bilheteiro já foi transferido para o presídio Bangu 2, e vigilante foi solto e vai responder em liberdade


RIO - Um bilheteiro e um vigilante do BRT Transoeste foram presos em flagrante, por suspeita de desviar R$ 60 mil por mês da bilheteria da estação Salvador Allende, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A prisão aconteceu neste final de semana, como mostrou o Bom Dia Rio nesta segunda-feira. A polícia recebeu a denúncia de outros funcionários. O bilheteiro já foi transferido para o presídio Bangu 2, também na Zona Oeste. Já o vigilante foi solto e vai responder em liberdade.

Pouco mais de um mês depois da inauguração do BRT, foi registrado em julho o primeiro assalto. Foi na bilheteria do Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, o mais movimentado do sistema. Numa ação rápida, um homem que afirmou estar armado, mostrando um objeto sob a camisa, rendeu uma funcionária, por volta das 19h, e levou R$ 300. O ladrão entrou na fila como se fosse comprar um bilhete. Ao chegar a sua vez, ele anunciou o assalto.
Acidentes têm sido constantes
Em pouco mais de cinco meses de operação, o BRT Transoeste já registrou seis mortes em acidentes na pista expressa. A última vítima, identificada apenas como Lediane, de 25 anos, estava na carona de uma moto que bateu em um ônibus. O acidente aconteceu na Avenida das Américas, sentido Santa Cruz, no Recreio, próximo à estação Gilka Machado. Segundo testemunhas, a moto teria avançado o sinal. A Secretaria municipal de Transportes (SMTR) informou que o ônibus tentou diminuir a velocidade, mas não conseguiu evitar a colisão.


CAMINHADA NACIONAL DA SEGURANÇA


Rio de Janeiro mostrará a verdadeira cara da segurança pública do país. Sistema falido pelos politiqueiros! e o profissional e a sociedade padecem juntos. Não falte! sua presença é muito importante, pois se vc nu fizer algo e comparecer em vida, poderá ser o homenageado de amanhã, infelizmente...

IBGE diz que jogo do bicho só perde para Mega-Sena


Enviado por Demétrio Weber - 
19.11.2012
 | 
13h57m
Quanto movimenta o jogo ilegal no Brasil?
Resposta exata não existe.
Nem sequer estimativas confiáveis, diz a Caixa Econômica Federal, encarregada de gerir a exploração legalizada do jogo pelo governo.
Daí minha surpresa ao tomar conhecimento de que o IBGE, o órgão nacional de estatísticas, periodicamente faz um levantamento que, se não responde, pelo menos dá pistas sobre o tamanho do jogo ilegal no país.
Trata-se da Pesquisa de Orçamentos Familiares, a POF, um mergulho minucioso nos hábitos de consumo dos brasileiros.
Durante um ano, os pesquisadores batem de porta em porta e perguntam aos moradores: como o senhor, a senhora e sua família gastam seu dinheiro?
Na última edição, entre 2008 e 2009, fizeram isso em 55 mil domicílios.
Dada a natureza do levantamento, uma simples visita não basta. Por isso, os representantes do IBGE passam uma semana em contato com os entrevistados, indo até quatro vezes à casa de cada família.
A ideia é saber em detalhes - e põe detalhe nisso - os hábitos de consumo de cada brasileiro.
As entrevistas têm como base questionários.
Dependem, claro, da memória, sinceridade e disposição dos moradores.
A dinâmica de perguntas e respostas em visitas sucessivas, azeitada pelo contato pessoal e a garantia de sigilo, leva a respostas reveladoras.
Há relatos de gastos com jogo do bicho, bingo, prostituição, drogas.
Os resultados da POF costumam encher páginas e páginas de jornais a cada cinco anos, quando são divulgados.
Nem todos, porém, aparecem numa primeira leitura.
Afinal, como o levantamento é imenso, o IBGE agrega itens e lista uma infinidade de tipos de gastos. Alguns ficam "escondidos".
É o caso do jogo do bicho: as respostas dos entrevistados estão lá, mas precisam ser garimpadas nos chamados microdados, isto é, nas informações brutas não-agregadas pelo IBGE.
Dadas as características da pesquisa e da natureza ilegal do jogo, não se pode tomar o resultado da POF como um retrato fiel da realidade.
Sem falar que a pesquisa é amostral, o que significa que tem margem de erro.
Mas, num país com mais de 190 milhões de habitantes e do tamanho do Brasil, o levantamento joga luz sobre uma atividade enraizada na zona cinzenta da fronteira entre o tolerado e o ilegal.
Com os dados da POF em mãos, saí às ruas de Brasília para conversar com apostadores e apontadores do jogo do bicho.
A atividade, classificada como contravenção penal, é feita à luz do dia.
Pelo que me contam, nem tão às claras como no Rio de Janeiro, mas, ainda assim, à vista de todos.
A tecnologia é de ponta e base de uma arrecadação milionária: as apostas são feitas em máquinas eletrônicas semelhantes às de cartão de crédito.
As máquinas registram os números e dão ao apostador um boleto impresso.
Como numa aposta de loteria federal, em qualquer lotérica do país.
A íntegra da reportagem publicada parcialmente na edição de ontem do GLOBO segue abaixo:


Jogo do bicho só perde para Mega-Sena em volume de apostas

O jogo do bicho é a segunda modalidade de jogo com maior faturamento e número de apostadores no país, atrás apenas da Mega-Sena.
Num período de 12 meses, entre maio de 2008 e maio de 2009, esse tipo de aposta movimentou pelo menos R$ 571 milhões, desembolsados por 1,1 milhão de pessoas.
A estimativa faz parte da última Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) - o mais detalhado levantamento do IBGE sobre hábitos de consumo dos brasileiros.
Em termos de faturamento, os bingos - outra modalidade ilegal - aparecem em terceiro lugar, com R$ 336 milhões. Máquinas do tipo caça-níqueis e brigas de galos, igualmente proibidas, também foram citadas, ao lado de jogos de cartas, corridas de cavalo, rifas e diversas loterias federais e estaduais.
A pesquisa do IBGE consiste numa série de entrevistas em 55 mil domicílios de todo o país. A partir das informações prestadas pelos moradores, o instituto estimou em R$ 4,2 bilhões o montante gasto em apostas no país, envolvendo 9,7 milhões de apostadores (5% da população).
O próprio IBGE admite, porém, que o resultado é subestimado, dado o formato da pesquisa, que desconsidera despesas de turistas e não-residentes, além de depender da memória e da disposição dos entrevistados. Evidência disso é que só o faturamento com loterias da Caixa Econômica Federal totalizou R$ 5,7 bilhões, em 2008, e R$ 7,3 bilhões, em 2009. Acima, portanto, dos R$ 4,2 bilhões estimados pela POF na mesma época.
- Os resultados nunca vão bater - diz o gerente da POF, Edilson Nascimento, chamando a atenção para a metodologia da pesquisa, que registra despesas com jogos relatadas pelos entrevistados num intervalo de sete dias.
Pela pesquisa, portanto, o jogo do bicho responde por 14% dos gastos dos brasileiros com apostas. Esse percentual sobe para 22,5%, se forem somadas despesas com bingos. Diferentemente das loterias oficiais, o jogo do bicho não paga imposto nem reverte dinheiro para programas esportivos, de assistência social e educação.
O secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira, ficou impressionado ao ver os dados do IBGE. Segundo ele, a repressão é tarefa das polícias estaduais. O governo federal, destacou, aposta na via legislativa para intensificar o combate. Ele citou a lei contra lavagem de dinheiro, sancionada em julho, e o projeto de novo Código Penal, em análise no Senado.
A proposta do novo código criminaliza o jogo do bicho, atualmente considerado contravenção penal. Se aprovado, elevará a pena de prisão para 1 a 2 anos. Hoje, ela vai de 4 meses a 1 ano. Ainda assim, o crime continuaria sendo tratado como de menor potencial ofensivo, sujeito a penas alternativas.
Já a lei de lavagem pune a dissimulação de dinheiro com origem em qualquer infração penal. Antes, o jogo do bicho não fazia parte da lista de atividades passíveis de condenação.
- A grande preocupação não é com o jogo no varejo, mas com a estrutura criminosa por trás - diz Marivaldo.
Os valores estimados pela POF dizem respeito a janeiro de 2009. Se corrigido pela inflação, o total de apostas no jogo do bicho equivaleria a R$ 697 milhões. Uma das modalidades citadas foi jogo de cartas, com movimento de R$ 119 milhões. Segundo o gerente da POF, em tese, isso pode ter relação com cassinos, embora esse tipo de estabelecimento não conste da lista informada ao GLOBO.
Para o ex-deputado e ex-procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro Antônio Carlos Biscaia, o levantamento indica que a exploração do jogo segue a pleno vapor. Dadas as características da pesquisa, ele observa que as cifras podem ser bem maiores:
- Percebo isso no Rio, onde sou constrangido a atravessar a rua. Já houve caso de ir ao banco e passar diante de dois bicheiros, sentados em cadeirinhas, na frente do banco. Reclamei. Dois dias depois estavam lá de novo.
Para Biscaia, uma parcela da população nutre simpatia pelo jogo do bicho, sem perceber a estrutura criminosa da atividade. Por outro lado, diz ele, a corrupção policial é uma aliada dos contraventores:
- Os chefes mantêm suas atividades. E as novas gerações disputam os territórios de forma mafiosa, procurando eliminar concorrentes.
A Caixa diz desconhecer estudos confiáveis sobre a competição entre jogo do bicho e loterias federais. "O mercado de loterias no Brasil é pujante. Pesquisas indicam que os apostadores teriam disposição para consumir novas modalidades", respondeu a Caixa ao GLOBO, por e-mail.
Em 2011, as loterias federais arrecadaram R$ 9,7 bilhões. Segundo a Caixa, só a Mega-Sena movimentou R$ 4,6 bilhões.
Em Brasília, o barbeiro Júnior - ele topou posar para fotos, mas não revelou o nome completo - diz que aposta no jogo do bicho e na Mega-Sena. Prêmio, porém, só ganhou no bicho, quando arriscou R$ 1 e levou R$ 20, na águia:
- Foi um sonho que eu tive. Só jogo quando sonho ou tenho um palpite bom.
Para o barbeiro, a legalização atrairia mais apostadores, já que muita gente teme ficar sem a premiação.
Não é o caso de um mecânico de 52 anos que não quis se identificar. Jogador contumaz do bicho e de loterias federais, ele conta que já recebeu R$ 63 mil, sem contratempos.
- É o jogo mais limpo que eu já vi na minha vida. Não tem mutreta. Se você ganhar, recebe.
De máquina eletrônica em punho - é com ela que registra as apostas -, um apontador do jogo do bicho não quis alongar a conversa com o GLOBO:
- No bicho, é muito mais fácil ganhar. Por isso vicia - disse ele, afastando-se. - Qualquer reportagem que saia me prejudica.


Entrevistado relata gasto até com cocaína
Em seu minucioso levantamento das despesas dos brasileiros, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do IBGE, registra gastos com drogas, prostituição e motéis. As informações são repassadas espontaneamente pelos entrevistados.
Na edição de 2008-2009, a última realizada no país, uma pessoa revelou que havia comprado cocaína. Outras nove relataram despesas com maconha.
- A pesquisa registra tudo o que o informante diz que consumiu. Pode ser legal ou ilegal - diz o gerente da POF, Edilson Nascimento.
Como o número de registros é ínfimo, o IBGE considera que os dados de aquisição de cocaína e maconha são desprovidos de valor estatístico. Assim, não é correto, do ponto de vista técnico, extrapolar para o universo da população brasileira o número de respostas obtidas na amostra.
O mesmo vale para gastos com prostituição, mencionados por 16 entrevistados. Se os dados fossem extrapolados, o resultado seria a estimativa de que 11.517 brasileiros teriam desembolsado R$ 9,6 milhões para contratar profissionais do sexo, no período de um ano.
- Quando o evento é raro, o dado fica mais vulnerável e poderia variar muito numa outra pesquisa - explica Nascimento.
A POF registrou informações também sobre gastos dos brasileiros com motéis. Nesse caso, existe validade estatística, já que uma quantidade significativa de entrevistados citou esse tipo de despesa. Segundo a POF, 546 mil pessoas gastaram R$ 542 milhões com esse tipo de serviço, entre maio de 2008 e maio de 2009.


Projeto de lei abre caminho para legalização do jogo do bicho

Um projeto de lei que abre caminho para a legalização do jogo do bicho e dos bingos está pronto para ser votado em plenário, na Câmara. Trata-se de proposta do ex-senador e prefeito reeleito de Aparecida de Goiânia (GO), Maguito Vilela.
Aprovado pelo Senado em 2002, o texto passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, em 2004. O próximo passo é o presidente da Casa agendar a votação em plenário, o que não ocorreu. Temas controversos podem ficar engavetados indefinidamente.
Com redação confusa, o projeto aparentemente proíbe jogos e loterias ilegais, ao classificar como crime a exploração desse tipo de atividade, quando sem autorização. A brecha para a legalização estaria no último artigo, que dá aos governos estaduais poderes para autorizar jogos - tema atualmente restrito à União.
Num diálogo gravado pela Polícia Federal em 2009, o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, pede ao então senador Demóstenes Torres que acompanhe a tramitação da proposta na Câmara.
Demóstenes, que depois teve o mandato cassado pelo envolvimento com o bicheiro, alerta Cachoeira de que o projeto seria prejudicial aos interesses do contraventor. Mas recebe uma resposta em sentido contrário: Cachoeira via na regulamentação estadual a possibilidade de legalizar seus negócios.
O jogo do bicho é hoje classificado como contravenção penal. No projeto de reforma do Código Penal no Senado, porém, a atividade vira crime. Até o início de dezembro, senadores podem apresentar emendas à proposta, que será submetida à CCJ e, depois, ao plenário do Senado.
A Câmara também debate o assunto. A CCJ já aprovou três de dez anteprojetos que alteram o Código Penal. Segundo a assessoria do relator, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), as propostas em análise na Câmara não tratam de jogo do bicho.

Parada gay é um ato político? Sim, deve ser. Nossa política é bizarra.


Não me considero homofóbico, tendo inclusive amigos gays, mas, com comportamento compatível com a sociedade. Nada de anormal se a relação entre pessoas do mesmo sexo se mantivesse dentro de quatro paredes, assim como é a relação dos heteros.
                                                                               Isso é o orgulho gay?
 
Dinheiro público e apoio de políticos, mostra a verdadeira face de nossos representantes, a desestabilização da família e exposição dos menores a este tipo de comportamento. Homossexuais andarem juntos é admissível, mas vai além, querem se beijar e se acariciar perante as famílias tradicionais, diante dos filhos criados numa postura de heteros.


A “parada gay”, que reúne um milhão de pessoas não teria esta adesão se não houvesse verbas. E de onde vem a verba?
Bebidas, cenas bizarras e outras que não ousaram mostrar, dita a realidade deste ato. Não o interesse em normas que lhes garantam direitos e deveres e sim a libertinagem como algo para sermos obrigados a aturar. Jovens se exibindo em meio a multidão como se fossem candidatos a encenar mais um filme pornô. Pra que isso se consideram a seriedade de seu intento?



Notadamente é de se considerar que se fosse um movimento sério, com comportamento adequado, não teria a presença que teve. Afinal. Quem não gosta de um carnaval fora de época? Ainda mais de graça e com verba pública.
Quero ver a presença de nossas "Autoridades" em eventos realmente de interesse público.




Porque as manifestações gay devem ser sempre assim em todo o mundo?

                                       Feministas de topless fazem protesto em Paris em prol do casamento gay

Falsos fiscais da Cedae são presos em Itaguaí


Fábio Alexandrino dos Santos e Leandro da Silva Ancelmo foram presos em flagrante na tarde desta terça-feira (13), suspeitos de tentar aplicar um golpe em um hotel de Itaguaí. De acordo com a polícia, a dupla foi até o estabelecimento localizado no bairro Monte Serrat se passando por fiscais da Cedae.

Chegando ao local, os suspeitos argumentaram que foram fazer uma vistoria no sistema de abastecimento de água. Naquela ocasião, os supostos fiscais questionaram quantos pontos de água o hotel tinha. O gerente foi quem acompanhou todo o prosseguimento e respondeu que o hotel possui três poços artesianos. Nesse momento, um dos suspeitos disse para o gerente que o hotel estava “totalmente irregular” por que deveria ter um ponto de água fornecido pela Cedae.
Em meio à suposta vistoria, os falsos fiscais disseram quer iriam elaborar um relatório na qual seria encaminhada a direção da Cedae. Contudo, tal procedimento seria acobertado se o hotel pagasse a dupla o valor de R$ 10 mil. O gerente desconfiou e alegou que não tinha como pagar a quantia proposta.
Os suspeitos, por sua vez, trataram de baixar o valor para R$ 2 mil afim de que o impasse fosse resolvido. Em seguida ficou combinado que os mesmos receberiam a importância de R$ 1 mil e o restante seria recebido em outro dia. Mais uma vez o gerente desconfiou e resolveu procurar a Cedae para denunciar a atitude dos supostos fiscais. Para a sua surpresa o gerente foi informado que os mesmos já não faziam mais parte do quadro de funcionários da empresa.
Já sabendo que se tratava de um golpe, o gerente resolveu acionar a Polícia Militar. Foi montado um esquema quando os suspeitos fossem recolher a outra parte do combinado. Momentos depois de a negociação ter sido concluída, policiais militares do 24° (Queimados) conseguiram interceptar os falsários que foram presos em flagrante ainda nas imediações do hotel. Eles foram encaminhados para a 50ª DP (Itaguaí) onde foram autuados por estelionato.

3ª Marcha para Jesus reuniu centenas de pessoas


Nem a chuva desanimou os evangélicos que acompanharam o trio elétrio

Denominações se unem para fazer bonito na 3ª Marcha para Jesus FOTO: CARLOS ROBERTO
Denominações se unem para fazer bonito na 3ª Marcha para Jesus FOTO: CARLOS ROBERTO
A terceira edição da Marcha para Jesus aconteceu nesta última quinta-feira (15), por volta das 17h, arrastando centenas de pessoas. O evento reuniu mais de 30 denominações da região como também igrejas oriundas de Campo Grande e membros da igreja Bola de Neve, da Praia Grande, em São Paulo. Nem a chuva impediu a animação dos jovens que seguiram o trio elétrico até o Parque Municipal onde aconteceu um culto ao ar livre. A presença da juventude no evento foi marcada pela participação em massa.
Para New Junior, idealizador do projeto na cidade, o diferencial da Marcha deste ano é a perseverança para unificar líderes e suas igrejas. “Toda vez que desenvolvemos algo a tendência é crescer ou diminuir. Mas, quando o trabalho permanece no mesmo nível, já é um bom resultado”, define.
Idealizador do projeto fala sobre a Marcha para Jesus FOTO: ANDREY. YUKIO
Idealizador do projeto fala sobre a Marcha para Jesus FOTO: ANDREY. YUKIO
Já os pastores pegaram o gancho do evento, que já faz parte do calendário de Itaguaí, para desmistificar a ideia de que os cristãos não são unidos, como explicou o pastor Rogério Sampaio. “Vemos a importância das igrejas se unirem e a Igreja Internacional da Graça não poderia ficar de fora. Estamos juntos com as outras igrejas para somar forças, para mostrar a união do povo de Deus”, disse. “Não estamos aqui com nome de igreja, estamos levantando o nome de Deus e dando glória ao Senhor Jesus”, completou o pastor.
Pastor Rogério Sampaio deseja desmistificar a ideia de que os cristãos não são unidos FOTO: ANDREY YUKIO
Pastor Rogério Sampaio deseja desmistificar a ideia de que os cristãos não são unidos FOTO: ANDREY YUKIO
O líder da União da Mocidade e Adolescente da Catedral da Assembleia de Deus de Itaguaí (UMACAD) também estava lá com o mesmo propósito. “Estamos tentando fazer desta Marcha, a primeira com maior número de igrejas unidas. Porque a gente sabe que Itaguaí tem uma população evangélica grande, mas que não é unida. Queremos começar a partir de hoje uma época de união”, concluiu Rubem Ribeiro.
Rubem Ribeiro líder da UMACAI sonha com união das igrejas. FOTO: ANDREY YUKIO
Rubem Ribeiro líder da UMACAI sonha com união das igrejas. FOTO: ANDREY YUKIO

Marcado sorteio para Minha Casa Minha Vida


Prefeitura libera edital para residências da Gleba Lagoa Nova, na estrada do Chaperó

Programa Minha Casa Minha Vida sorteará 441 moradias na estrada do Chaperó - FOTO SERGIO EMME
Programa Minha Casa Minha Vida sorteará 441 moradias na estrada do Chaperó – FOTO SERGIO EMME
441 empreendimentos habitacionais do Programa Federal Minha Casa Minha Vida estão sendo construídos na estrada do Chaperó, dentro do município de Itaguaí.
De acordo com o Secretário de Planejamento, Mauricio Vieyra, há 5273 famílias inscritas para participar do sorteio que acontecerá dia nove de dezembro às 9hs da manhã, no Ciep 300, pelo financiamento dos imóveis.
As inscrições dos candidatos cadastrados foram feitas até o dia 31 de junho de 2012 no banco de cadastro do programa, na própria prefeitura, e estão aptos a participar famílias que tenham renda de até 3 salários mínimos, ou seja R$1600.
Já estão sendo encaminhadas pela Secretaria de Planejamento cartas aos participantes para que compareçam ao dia do sorteio e tomem ciência da data. Para quem ainda não for sorteado será decidido um cadastro reserva de 200 beneficiados, que serão convocados caso haja desistência ou documentação irregular dos sorteados.
Esta ainda é uma estimativa pequena para a quantidade de inscritos, mas Vieyra afirma que os outros cadastrados, não sorteados, ainda podem ter chances em novos projetos.
“Estamos trabalhando para conseguir novos convênios com o governo federal a fim de atender o máximo possível de famílias”, completou.
Secretario de Planejamento, Mauricio Vieyra, afirma que quantidade de vagas ainda é pequena, mas pretende abranger o programa na cidade - FOTO NATÁLIA FIGUEIREDO
Secretario de Planejamento, Mauricio Vieyra, afirma que quantidade de vagas ainda é pequena, mas pretende abranger o programa na cidade – FOTO NATÁLIA FIGUEIREDO
O programa é gerenciado pela Caixa Econômica Federal que oferece o financiamento para quem pode pagar até R$50,00 por mês e pelo Ministério das Cidades que em parceria com as secretarias de planejamento recebe o cadastro das famílias e disponibiliza áreas pertencentes ao poder público para beneficiamento da população. Para quem mora na cidade do Rio de Janeiro ainda é possível se inscrever no programa para 2012 e 2013, através do site http://www0.rio.rj.gov.br/formulariohabitacional/cgi-bin/PretendWeb. Confira o edital completo com as normas do sorteio no site do Jornal ATUAL.
Be Sociable, Share!

Câmara de Itaguaí aprova benefícios aos servidores públicos


Vereadores aprovaram projetos de Lei do Executivo beneficiando os servidores (FOTO - WELINGTON CAMPOS)
Vereadores aprovaram projetos de Lei do Executivo beneficiando os servidores (FOTO – WELINGTON CAMPOS)
 A Câmara Municipal de Itaguaí aprovou, nesta terça-feira (13), dois projetos de lei que vão gerar impacto direto e positivo no bolso dos servidores públicos municipais. O primeiro deles concede auxílio transporte no valor de R$ 100 para aqueles que moram em Itaguaí, e de até R$ 240, para os que vêm de outras localidades. Os vereadores também aprovaram a concessão de auxílio alimentação, que será pago tendo como índice o percentual de 20% sobre o salário de cada uma das categorias.
Os vereadores também aprovaram leis que estabelecem o pagamento de horas extras e de adicional noturno. Encaminhadas pelo Poder Executivo, as propostas foram votadas sem que fossem observados os interstícios exigidos pela legislação, atendendo solicitação do vereador Márcio Pinto. Segundo o parlamentar, a iniciativa foi motivada pela prioridade que o prefeito Carlo Busatto Junior dava à aprovação das propostas. “Nós, como vereadores, fizemos a nossa parte”, frisou o presidente Jorge Luís da Silva Rocha, o Jorginho Charlinho.
Após aprovação dos projetos, o vereador Nisan César, o único a se manifestar, parabenizou a iniciativa do prefeito Charlinho, e, ao mesmo tempo, fez uma ressalva, questionando que os benefícios aos servidores foi um pouco tardio, uma vez que o prefeito ficou à frente do Executivo, durante 95 meses. “Antes tarde do que nunca”, finalizou.
Além do presidente Jorginho Charlinho, participaram da sessão os vereadores Carlos Kifer, Silas Cabral, Roberto Lúcio Espolador, Márcio Pinto, Nisan César, Toni Coelho, Beto da Reta e Abeilard Goulart. As leis aprovadas por eles só vão entrar em vigor em janeiro de 2013, já na administração do prefeito eleito Luciano Mota, que, assim, receberá a administração com recursos extras a serem dispensados à incorporação dos respectivos auxílios.
Na mesma sessão os vereadores aprovaram a adoção dos nomes do ex-prefeito Otoni Rocha e do ex-vereador José Galliaço Prata para duas creches a serem inauguradas na cidade.

Noivo coloca copo no bolso, tropeça e morre em festa de casamento, na Ilha do Governador



Fabio Gefferson dos Santos morreu durante sua festa de casamento
Fabio Gefferson dos Santos morreu durante sua festa de casamento 
O casamento do sargento da Marinha Fábio Gefferson dos Santos Maciel, de 33 anos, durou menos de seis horas. Ele ouviu o "sim" da noiva por volta das 20h30m deste domingo, no Clube Nautilus, na Ilha do Governador, diante de cerca de 200 convidados. Ao sair da festa, correu, brincando com uma das madrinhas, e tropeçou.
Uma tulipa, guardada no seu bolso esquerdo, quebrou e fez um corte na veia femural. O sargento não resistiu ao ferimento e morreu às 2h16m da madrugada desta segunda-feira, a caminho do Hospital Paulino Werneck, também na Ilha.
Familiares do militar se consolam na porta do IML, no Centro
Familiares do militar se consolam na porta do IML, no Centro 
Fábio planejava o casamento desde o começo do ano, quando começou a construir uma casa na Ilha, para morar com a noiva. A obra ficou pronta há uma semana. Familiares dele vieram de Manaus, de avião, só para assistir à cerimônia.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/noivo-coloca-copo-no-bolso-tropeca-morre-em-festa-de-casamento-na-ilha-do-governador-6770501.html#ixzz2ChEZcx1K

Sites de pornografia também registram grande número de acessos depois da meia-noite


Grande público entra em sites pornográficos durante o trabalho, alerta especialista

Rio -  O maior site de pornografia grátis do mundo recebe cerca de 60 milhões de visitas por dia, informa o britânico Sun, sendo que dois terços deste público acessa o endereço eletrônico durante o horário de trabalho. O segundo pico de acessos do site ocorre depois da meia-noite, alerta o médico e terapeuta sexual Christoph Ahlers.

Médico e terapeuta sexual, Christoph Ahlers alerta para uma mudança de hábitos | Foto: Reprodução Internet
Médico e terapeuta sexual, Christoph Ahlers alerta para uma mudança de hábitos | Foto: Reprodução Internet
O cenário do mundo pornográfico foi discutido, durante uma conferência em Salzburg, na Áustria, pelo terapeuta que discutiu tópicos relacionados à medicina e terapia para questões sexuais. Ahlers, que vive em Berlim, na Alemanha, disse que "no mundo moderno da pornografia em que vivemos, as pessoas acessam o conteúdo livremente e de qualquer lugar, não sendo mais necessário se esconder em quartos escuros na calada da noite". Segundo o terapeuta, "a pornografia, agora, é um fenômeno mundial".
Christoph Ahlers alerta para uma mudança de hábitos da população. "Sessenta milhões de visualizações por dia, dos quais dois terços ocorrem no ambiente de trabalho, é um poderoso indicador do que está acontecendo", disse ele. "O segundo pico é de internautas que acessam de casa, após a meia-noite", completou o terapeuta. As informações são do Sun.

Mulher é presa após agredir idosa de 87 anos em Nova Iguaçu


Rio -  Após denúncia de vizinhos e gravações feitas pela família, uma mulher foi presa por agredir uma idosa de 87 anos em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite deste domingo.

Vera Lucia Cardoso da Silva Gouvea, de 49 anos, era acompanhante da idosa, que sofre de Alzheimer e não pode se levantar da cama por estar com as duas pernas quebradas. De acordo com a delegada Juliana Emerick, titular da 52ª DP, familiares da vítima procuraram a delegacia com as imagens que mostravam as agressões. Nelas, Vera batia na cabeça da idosa, dava chineladas nela e passava produto de limpeza nas partes íntimas da vítima.
Ainda segundo a delegada, o laudo do Instituto Médico Legal apontou lesões de ação contundente e por produtos químicos produzidas por tortura e meio cruel. Vera Lúcia vai responder pelo crime de tortura e pode pegar até oito anos de prisão e ter a pena aumentada em um terço por a vítima ser uma idosa. Ela foi encaminhada ao presídio feminino de Bangu.
Idosa é agredida várias vezes por acompanhante | Foto: Reprodução TV
Idosa é agredida várias vezes por acompanhante