BOLETIM DE OCORRÊNCIAS

quarta-feira, 24 de agosto de 2011











Policiais da 50ª DP prenderam no final da manhã de ontem os traficantes conhecidos como Léo Perequê e Índio, também acusados por homicídios. Os agentes tiveram problemas, inicialmente, para identificá-los nominalmente. 
Os acusados ocupavam uma Fiat Uno, placa clonada LPQ 8194, do Rio de Janeiro, e foram interceptados em frente à Escola de Música Chiquinha Gonzaga, situada na Rua Amélia Louzada, no Centro de Itaguaí. Investigadores da delegacia já vinham vigiando a dupla há alguns dias, e souberam que eles estavam naquele momento circulando pela cidade. Os motivos não foram apurados ainda, pois os criminosos eram foragidos e estavam escondidos em Senador Camará, na favela da Coréia, um dos mais temidos redutos do Terceiro Comando Puro (TCP).
 Ainda de acordo com os policiais, Perequê  é acusado de comandar o tráfico de drogas no bairro do Engenho e promover o terror entre os moradores da localidade. De acordo com testemunhas que compareceram na delegacia, para reconhecer o traficante, ele era um bandido temido e sanguinário.  Pelo menos cinco mortes são imputadas a Léo Perequê em Itaguaí, como a de um rapaz que trabalhava numa lojinha de recarga de cartões.
 Durante a apresentação dos acusados, para que fossem identificados por testemunhas de homicídios, uma mulher – cujo nome foi preservado pela família – chegou a ser ameaçada de morte “veladamente” pelo traficante, com quem teve uma filha de três anos.  “Está satisfeita agora, está? Eu vou sair da cadeia. Eu vou fugir de lá”, falou em tom ameaçador, dirigindo-se à mulher, que mora na Reta de Santa Cruz. Para a polícia, Perequê é um dos mais perigosos traficante e homicida de Itaguaí, sendo o número 2 na “hierarquia” do tráfico de drogas no município.  Os policiais passaram o resto do dia de ontem levantando a ficha dos acusados, e cada um tinha mandado de prisão expedida pela Justiça por tráfico.
REPORTAGEN: JORNAL ATUAL
- AGORA SÓ FALTA O CABAL. AGUARDE E VERAS.



domingo, 21 de agosto de 2011


MEUS AMIGOS O POVO DE NOSSA CIDADE SÓ QUEREM SABER DE POLITICA, MEU PENSAMENTO É QUE O GOVERNO MUNICIPAL E JUNTAMENTE COM O ESTADUAL IDENTIFIQUEM JUNTO A DGP (DEPARTAMENTO GERAL PESSOAL) TODOS OS PPMM QUE RESIDEM EM ITAGUAÍ, PARA CONVOCAR UMA REUNIÃO E PERGUNTAR A CADA UM, SE ESTÃO DISPOSTOS EM TRABALHAREM EM SUA CIDADE (ITAGUAÍ) COM A INTENÇÃO DE ACABAR COM O TRÁFICO, HOMICIDIOS E OUTROS DELITOS, QUE NA CONDIÇÃO DE POLICIAL E MORADOR DE ITAGUAÍ ME ENVERGONHA EM FICAR SABENDO QUE AQUI EM ITAGUAÍ TEMOS TANTOS POLICIAIS. MAS TODOS INTOCADOS DENTRO DE CASA VENDO O TRÁFICO INSTALANDO BOCA DE FUMO EM FRENTE DE SUAS CASAS. AQUELE QUE FOR MERECEDOR VIRIA TRABALHAR AQUI, TORNANDO UMA COMPANHIA (UPPRI) UNIDADE DE POLICIAMENTO DE POLICIAIS RESIDENTES DE ITAGUAÍ. LEMBRANDO: SÓ OS QUE QUEREM ACABAR COM O TRÁFICO. OS POLICIAIS QUE PENSAM EM FAZER A FAMOSA MÃO DE MACACO, VÃO PARA P.Q.PAR.....!

sábado, 20 de agosto de 2011



PODER DE POLICIA:

É ATIVIDADE ADMINISTRATIVA, ISTO É, CONJUNTO DE ATOS, FATOS E PROCEDIMENTOS REALIZADOS PELA ADMINISTRAÇÃO. PODER DE POLÍCIA É SOBRETUDO ATIVIDADE ADMINISTRATIVA; B) É ATUAÇÃO SUBORDINADA À ORDEM JURÍDICA, OU SEJA, NÃO É EMINENTE, NEM SUPERIOR, MAS REGIDA PELO ORDENAMENTO VIGENTE, SOBRETUDO PELOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA LEGALIDADE, IMPESSOALIDADE, MORALIDADE; C) ACARRETA LIMITAÇÃO DIRETA A DIREITOS RECONHECIDOS A PARTICULARES; D) PELO PODER DE POLÍCIA, A ADMINISTRAÇÃO ENQUADRA UMA ATIVIDADE DO PARTICULAR SOBRE A QUAL O ESTADO NÃO ASSUME A RESPONSABILIDADE; E) O LIMITE AO DIREITO DO PARTICULAR, DE REGRA, SIGNIFICA UM OBSTÁCULO AO SEU EXERCÍCIO PLENO, OU A RETIRADA DE UMA FACULDADE PERTINENTE AO CONTEÚDO DO DIREITO OU UMA OBRIGAÇÃO DE FAZER. EM VIRTUDE DO PODER DE POLÍCIA, HÁ, PORTANTO, UMA DISPARIDADE ENTRE O CONTEÚDO ABSTRATO DO DIREITO EM SENTIDO ABSOLUTO E A POSSIBILIDADE DE SEU EXERCÍCIO CONCRETO; F) NA ATUAL CONFIGURAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIVIDIDA ENTRE UMA FACE DE AUTORIDADE E UMA FACE DE PRESTADORA DE SERVIÇOS, O PODER DE POLÍCIA SE SITUA PRECIPUAMENTE NA FACE AUTORIDADE. ATUA, ASSIM, POR MEIO DE PRESCRIÇÕES - DIFERENTEMENTE DO SERVIÇO PÚBLICO, QUE OPERA ATRAVÉS DE PRESTAÇÕES; G) ABRANGE, TAMBÉM, O CONTROLE DA OBSERVÂNCIA DAS PRESCRIÇÕES E A IMPOSIÇÃO DE SANÇÕES EM CASO DE DESATENDIMENTO; H) UMA VEZ QUE O PODER DE POLÍCIA SE CARACTERIZA - NORMALMENTE - PELA IMPOSIÇÃO DE ABSTENÇÕES AOS PARTICULARES, NÃO HÁ QUE IMAGINÁ-LO EXISTENTE EM MANIFESTAÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO QUE, CONTRARIAMENTE, IMPÕEM PRESTAÇÕES POSITIVAS AOS ADMINISTRADOS, SUJEITANDO-OS A OBRIGAÇÕES DE DAR, COMO NAS REQUISIÇÕES DE BENS, OU DE FAZER, COMO NAS REQUISIÇÕES DE SERVIÇOS.

PASSAGEM DE COMANDO DE 24º BATALHÃO

- BOA NOITE.
- INFORMO AO POVO DE ITAGUAÍ QUE TIVEMOS NESTE MÊS DE AGOSTO A TROCA DE COMANDANTE NO 24º BPM: SAIU O CEL. ALBUQUERQUE, PARA ASSUMIR O BPRV, E ASSUMIU  O 24º BPM, O CEL. BRANDÃO.
VAMOS NOS INTERAGIRMOS COM O NOVO COMANDO, PARA QUE DÊ CONTINUIDADE E MELHORE AINDA MAIS O EXCELENTE TRABALHO EFETUADO PELO O COMANDO QUE FORA SUBSTITUÍDO.
NÓS TEMOS O DEVER E O DIREITO DE IR E VIR.
A POLICIA MILITAR É A ENGRENAGEM PRINCIPAL DESTE DEVER E DIREITO, QUE CABE AO CIDADÃO DO BEM. PARA OS MARGINAIS DA LEI; CABE O RIGOR DA LEI.
- DENUNCIE E COLABORE COM NOSSA POLICIA OU AQUI EM NOSSO BLOG.
- OBRIGADO E FIQUE COM DEUS.

domingo, 14 de agosto de 2011

LIBERDADE PARA UMA CRIANÇA DEFICIENTE.


INFELIZMENTE NÃO VEJO ESTE DIA ESPECIAL SABENDO DE TAL CRIME:

NESTE DIA TÃO ESPECIAL, QUE É O DIA DOS PAIS, MANDO UM GRANDE ABRAÇO PARA AS AUTORIDADES COMPETENTES NO CASO DA CRIANÇA DEFICIENTE FÍSICO QUE MORA NO SASE COM A MÃE E COM O INFELIZ DO PADASTRO, QUE TODOS OS DIAS ESTE CRAKUDO, COME ESTA CRIANÇA NA PORRADA E PRATICA TORTURA, SEJA COM GARFO QUENTE OU SEJA COM PAULADAS.
QUERIA EU, AMPARO DAS AUTORIDADES E DOS VIZINHOS QUE VÊ E NÃO DENUNCIA ESTE CRIME, PARA CONVERSAR SERENAMENTE COM ESTE MERDACRAKUDO QUE EFETUA TAIS CRIMES NESTA CRIANÇA. O PIOR DE TUDO SE EU FIZER TUDO ISSO COM ELE, IRÁ VIR TODAS AS ONGs COM TODA AUTORIDADE PARA ME F...... ER E ME PRENDER.
UM GRANDE ABRAÇO MAMÃE DESTA POBRE CRIANÇA.
PARA ESTA CRIANÇA NÃO HÁ DIA DOS PAIS E MUITO MENOS DIA DAS MÃES.

sábado, 13 de agosto de 2011

Prostituição em troca de Crack em hospital abandonado


Prostituição em troca de Crack em hospital abandonado


Quem vê de fora não imagina que o local já foi referência de saúde em Itaguaí
Vidros quebrados, paredes pichadas, camisinhas pelo chão. Este é cenário de completa destruição em que se encontra o prédio de um antigo hospital na Rua Caetano Ramos Santiago, número 100 em Itaguaí. Ponto de encontro entre drogados e traficantes, o local, que já foi referência em tratamento de saúde no município, hoje se encontra com salas destruídas, muito mato e lixo espalhados por todos os lados.
Segundo denúncia de moradores do bairro Parque Paraíso, o prédio se transformou em um verdadeiro “motel a céu aberto”, onde jovens viciadas em drogas entregam seu corpo em troca de predas de crack, para o consumo que muitas vezes acontece ali mesmo. Preocupados com a segurança de suas casas, alguns moradores do bairro ficam apreensivos com o risco que correm diariamente ao passarem pelo local. “Eu prefiro não passar por aqui quando cai a noite. É um perigo isso aí”, reclamou um morador que não quis se identificar.

Várias camisinhas usadas foram encontradas no local
Inconformados com o abandono do local, eles questionam o porquê de não utilizar o prédio para outro fim. “Não sei por que não criam aí, um quartel do Corpo de Bombeiros ou um batalhão da Polícia Militar. Aqui é um local de fácil acesso, seria ótimo para o município ganhar um espaço como este para atender as necessidades da população”, afirmou outro morador.
A equipe do jornal Atual, esteve no local e constatou o total abandono do prédio. Até algodão utilizado para a queima das pedras do crack foram encontrados em um balcão nas salas. Muita sujeira, camisinhas usadas e fezes humanas foram vistas no chão da instituição. O descaso é tamanho, que quem vê de fora, nunca vai imaginar que ali já existiu um hospital.
Uma jovem que passou em frente na hora, que não quis se identificar temendo represália, contou que é comum ver casais indo se encontrar lá dentro e garotas sozinhas, que praticam verdadeiras orgias sexuais. Na maior parte das vezes isso acontece à noite e durante a madrugada.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

AUTO FIAT UNO RECUPERADO NO BAIRRO. MONT SERRAT - ITAGUAÍ

FIAT UNO RECUPERADO NO BAIRRO. MONT SERRAT. ITAGUAÍ


       POR VOLTA DAS 09:00Hs DO DIA HOJE, O CB RICARDO (MORADOR DE ITAGUAÍ E LOTADO NO BPRV/CVE), RECUPEROU APÓS UMA DENUNCIA ANÔNIMA, UM  AUTO PARTICULAR, MARCA FIAT UNO, DE COR PRETA, NA AV. SÃO FRANCISCO, PRÓXIMO AO Nº 91. 
NO MESMO MOMENTO EM QUE SOLICITOU O LEVANTAMENTO DA PLACA DO VEÍCULO NA P/2 DE SEU BATALHÃO, FORA CONSTATADO QUE O VEÍCULO SE TRATAVA DE PRODUTO DE FURTO, REGISTRADO NA 50ª DP (ITAGUAÍ) CONFORME R.O Nº 3086 DO DIA 06/08/2011. ONDE O MESMO EFETUOU UMA BUSCA NO INTERIOR DO VEÍCULO E LOGROU ÊXITO EM ENCONTRAR O NOME E ENDEREÇO DO TRABALHO DO PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO. PROCEDENDO AO TRABALHO DO PROPRIETÁRIO, FORA CONFIRMADO TAL FATO. SENDO ASSIM: O POLICIAL RICARDO, REALIZOU A RECUPERAÇÃO E A ENTREGA DO VEÍCULO AO DONO.

- FICO COM MINHA INDIGNAÇÃO E REVOLTA DE NÃO TER PRENDIDO ESTES MARGINAIS DA LEI, DESTA VEZ, MAS DIGO: A HORA DELES IRÁ CHEGAR; E ESTÁ PRÓXIMO.

    * AGRADEÇO A COLABORAÇÃO DO POLICIAL ÁGUA DE SALSICHA QUE TRABALHA; DIGO: TRABALHA EM ITAGUAÍ, EM FORNECER O ENDEREÇO DO PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO. (QUEM É SABE) 

domingo, 7 de agosto de 2011

QUERO QUE PRESTEM ATENÇÃO NO RELATO:


Violação de domicílio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A violação de domicílio é o crime perpetrado por pessoa que 
entra ou permanece no domicílio de outrem de forma 
clandestina ou contra a vontade do domiciliado.


No Código Penal brasileiro a violação de domicílio está prevista
 dentro da subdivisão que trata da inviolabilidade do domicílio,
 esta por sua vez inserida dentro do capítulo que trata dos crimes
 contra a pessoa.

Texto de Lei

Art. 150 - Entrar ou permanecer, clandestina ou astuciosamente, 
 ou contra a vontade expressa ou tácita de quem de direito, em 
casa alheia ou em suas dependências:
Pena - detenção, de um a três meses, ou multa.
§ 1º - Se o crime é cometido durante a noite, ou em lugar ermo, 
 ou com o emprego de violência ou de arma, ou por duas ou mais
 pessoas:
Pena - detenção, de seis meses a dois anos, além da pena 
correspondente à violência.
§ 2º - Aumenta-se a pena de um terço, se o fato é cometido por
 funcionário público, fora dos casos legais, ou com inobservância 
das formalidades estabelecidas em lei, ou com abuso do poder.
§ 3º - Não constitui crime a entrada ou permanência em casa 
alheia ou em suas dependências:
I - durante o dia, com observância das formalidades legais, para
 efetuar prisão ou outra diligência;
II - a qualquer hora do dia ou da noite, quando algum crime está
 sendo ali praticado ou na iminência de o ser.
§ 4º - A expressão "casa" compreende:
I - qualquer compartimento habitado;
II - aposento ocupado de habitação coletiva;
III - compartimento não aberto ao público, onde alguém exerce
 profissão ou atividade.
§ 5º - Não se compreendem na expressão "casa":
I - hospedaria, estalagem ou qualquer outra habitação coletiva,
 enquanto aberta, salvo a restrição do n.º II do parágrafo 
 anterior;
II - taverna, casa de jogo e outras do mesmo gênero.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

PM prende, em Itaguaí, quatro suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubo de veículos


PM prende, em Itaguaí, quatro suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubo de veículos

Da esquerda para direita, Walace, Artur, Paulo e Diego Foto: Divulgação / 24º BPM
Ana Carolina Torres
Policiais militares do 24º BPM (Queimados) em conjunto com o CB RICARDO - DO BPRV/CVE prenderam, na madrugada desta terça-feira, no bairro Monte Serrat, em Itaguaí, quatro acusados de integrar uma quadrilha especializada em roubos de veículos. Os PMs foram chamados à Rua Antonio dos Santos Simões, onde estava estacionado um Gol roubado e uma moto roubados. Enquanto faziam buscas no local os policiais localizaram a casa de Walace Everaldo da Silva, o DG, de 20 anos, apontado por testemunhas como o homem que dirigira o carro até lá. A chave do veículo foi encontrada no bolso do suspeito. Ao perceber que seria preso, Walace ofereceu R$ 500 aos PMs e disse que dois amigos levariam o dinheiro.
Os policiais fingiram concordar. Ao chegarem ao local com a quantia, Paulo Ricardo Alves, de 25 anos, e Diego França Antônio, o Dieguinho, de 19, receberam voz de prisão por corrupção. Enquanto os PMs ainda estavam na casa de Walace, Artur Marques Neto, de 20 anos, chegou ao imóvel com mais uma moto roubada. Ele ainda tentou fugir, mas acabou sendo preso. Todos os suspeitos foram levados para a 50ª DP (Itaguaí), onde foram autuados por receptação, formação de quadrilha e corrupção. Os veículos foram apreendidos. Na delegacia, Walace foi identificado por duas vítimas como sendo o homem que as assaltara.
Em depoimento, os suspeitos disseram ser da Favela do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. A polícia suspeita que eles tenham ligações com traficantes do local e teriam roubado os veículos para que fossem usados na comunidade.